O que não fazer na primeira vez

••• Getty Premium

Se você acha que sua primeira vez está se aproximando, saiba que é comum bater nervosismo, insegurança e preocupação sobre o que vai acontecer antes, durante e depois do ato. Dúvidas sobre o funcionamento do corpo também são naturais. Mas nada disso deve ser encarado como um bicho de sete cabeças. Mesmo quem já tem experiência pode ficar ansioso. Então, saber o que não deve fazer já é um ponto positivo no início de sua vida sexual.

Overview

Se você acha que sua primeira vez está se aproximando, saiba que é comum bater nervosismo, insegurança e preocupação sobre o que vai acontecer antes, durante e depois do ato. Dúvidas sobre o funcionamento do corpo também são naturais. Mas nada disso deve ser encarado como um bicho de sete cabeças. Mesmo quem já tem experiência pode ficar ansioso. Então, saber o que não deve fazer já é um ponto positivo no início de sua vida sexual.

Não se preparar

Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

Depois que acontecer, será sua primeira vez para sempre. A maioria dos homens não liga tanto para isso. As mulheres, sim. É por isso que elas precisam sentir-se preparadas, seguras e confiantes. O ideal é que escolham o parceiro e não sejam escolhidas por ele. Caso se sinta pressionada, não hesite em dar um fora no rapaz. Se ele realmente quiser ficar com você, entenderá seu tempo e esperará sem problema algum.

Ignorar o corpo

Pixland/Pixland/Getty Images

Os homens costumam conhecer melhor o próprio corpo, pois é natural eles se tocarem ainda na adolescência. Para as meninas, ainda é um tabu. Muitas não aprendem a lidar com o corpo e o prazer. Quando começar a entender do que gosta e em qual parte prefere ser tocada, a garota terá mais confiança para se entregar e ficará mais à vontade entre quatro paredes. O autoconhecimento não faz mal para ninguém. Pratique!

Não escolher o lugar

flashfilm/Lifesize/Getty Images

Você está preparada para seguir adiante. Já se sente confiante e à vontade. Mas se não escolher o melhor lugar para o encontro, correrá o risco de desistir na hora H. Lembre-se de que o ambiente também contribui para a forma como você se sentirá. Sexo no carro, na balada, escondido no banheiro ou em locais onde não há privacidade suficiente deve ser deixado para quando já estiver com mais experiência. Na primeira vez, procure um lugar tranquilo como sua casa, um hotel ou mesmo um motel.

Não tomar cuidados pessoais

Jupiterimages/Creatas/Getty Images

A higiene é essencial para que a relação sexual entre vocês possa rolar da melhor maneira possível. Tomar um bom banho, usar um perfume cheiroso e escovar os dentes é básico e fundamental. Depilar-se também pode ser uma boa opção. As dicas valem para homens e mulheres. Cuidados com o corpo todo são importantes. Lembre-se de que no sexo a interação é completa e não somente entre os órgãos genitais.

Exagerar no álcool

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

O álcool pode ajudar a desinibir um pouco. Você fica mais solto e a tensão diminui. Porém, saiba que se passar do ponto, pode virar uma tragédia. No caso do homem, é normal que perca total interesse no sexo. Isso também pode acontecer com a mulher. Então, caso seja sua primeira vez, é melhor não ingerir álcool. Desta forma, você poderá aproveitar todos os momentos e ter uma boa recordação desse momento único.

Inventar moda

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Sabe quando você começa a fazer alguma coisa e já acha que pegou o jeito? Então, não faça isso. Primeiramente, não se esqueça de dar valor às preliminares. Troque carícias e não tenha pressa. Aproveite a ocasião para viver cada minuto. Você ganhará mais intimidade com o parceiro e se sentirá mais livre. Outra dica, não invente de imitar situações vistas em filmes pornográficos. Quando se está aprendendo, o melhor é fazer o básico para depois pensar em posições diferentes. Sua preocupação deve ser sentir e dar prazer.

Não usar preservativo

Keith Brofsky/Digital Vision/Getty Images

Pode parecer loucura, mas o fato de não usar preservativo na primeira vez é muito mais comum do que se imagina. Apesar de existir muita informação, alguns jovens ainda acham que não serão contaminados por doenças sexualmente transmissíveis pelo simples fato de serem virgens. Mas o que eles esquecem é que o parceiro pode ter alguma doença, mesmo que não tenha tido outras experiências sexuais. Além disso, vale ressaltar que as DSTs são transmitidas não apenas por contato sexual. Então, use camisinha para prevenir doenças e como método anticonceptivo.

Ligar para um táxi

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Vocês já tiveram o contato íntimo. O sexo foi bom. E agora? Vai ligar para o táxi e mandar o rapaz embora? Calma... Não é necessário sair correndo. Você pode sugerir um banho a dois ou ficar deitadinhos enquanto recuperam as energias. Mas não insista. Por não conhecer tão bem o parceiro, ele pode pensar, por exemplo, que você acha o sexo sujo. Outra sugestão é comer alguma coisa, nada muito pesado, ainda mais se vocês quiserem continuar a "brincadeira".

Não ligar no dia seguinte

Ryan McVay/Lifesize/Getty Images

Se for a primeira vez do seu parceiro, não deixe de se comunicar em hipótese alguma. Ligar, dar atenção, mostrar carinho e que você gosta da pessoa com quem passou aquele momento é importantíssimo. Não só para continuar seu relacionamento, mas por uma questão de respeito em relação à pessoa e ao momento compartilhado por vocês.

Achar culpados

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

É natural que se criem altas expectativas em torno da primeira vez. Achar que vai ser perfeito, lindo e maravilhoso pode ser um erro. Ainda mais se for a primeira vez dos dois. Como muitas atividades da nossa vida, somente a prática leva à perfeição. Sem contar que a ansiedade pode atrapalhar. Vale a pena refletir se a transa requer uma segunda chance. Provavelmente, depois será muito mais fácil e prazeroso.

Mais recentes

×