×
Loading ...

Quais são as diferenças entre fascismo e marxismo?

O fascismo e o marxismo frequentemente se confundem, pois surgiram como filosofias políticas praticamente no mesmo momento da história, sendo que alguns governos do século XX misturaram suas retóricas. Contudo, de certa forma, ambos são opostos. As duas filosofias apelam para um forte governo central, mas os fascistas acreditavam que o papel do povo é servir ao Estado, enquanto os marxistas pensavam que o Estado existia para servir seu povo.

Os nazistas usavam a retórica do marxismo, mas praticavam algo próximo do fascismo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Fascismo

De acordo com a enciclopédia Britannica, o fascismo é uma filosofia política que "enfatiza a primazia e a glória do Estado, a obediência inquestionável ao seu líder, a subordinação da vontade do indivíduo à autoridade do Estado e a dura supressão aos divergentes." Sob um governo fascista, o papel do indivíduo é o de servir à glória maior do Estado. Os líderes políticos e militares são celebrados e reverenciados, e a ação militar é vista como a primeira função estatal em promover sua força e prestígio. O governo fascista vê o sistema de classes como natural e algo a ser preservado, e a dissidência individual não só é desencorajada como frequentemente criminalizada.

Loading...

Marxismo

A filosofia marxista buscava a eliminação das classes na sociedade. De acordo com a enciclopédia Britannica, Marx acreditava que "o povo tem direito a desfrutar do resultado de seu trabalho, mas é impedido de fazê-lo em um sistema econômico capitalista." Ele pensava que os lucros de uma empresa deveriam ser distribuídos aos seus trabalhadores, e não aos investidores ou "capitalistas". O marxismo enfatizava muito o papel do indivíduo na sociedade, incluindo governos e controle dos locais de trabalho democráticos.

Esquerda ou direita

Em "Mystery of Fascism" (O mistério do fascismo), David Ramsay Steele aponta que a palavra "fascismo" se tornou mais uma crítica do que uma filosofia. "O termo pode até mesmo se estender para qualquer ditadura que tenha saído de moda entre os intelectuais." Ele nota que, ao longo do século XX, o termo foi usado para descrever governos de esquerda e de direita, tanto aqueles apoiados por grandes empresas quanto os comunistas que não aceitavam qualquer noção de propriedade individual. Ele também mostra que, apesar de muitos socialistas da década de 1890 terem se tornado fascistas mais tarde, a maioria deles não se denominava mais como socialistas após a troca.

Nazistas

Os nazistas, apesar de inegavelmente fascistas, também eram chamados de membros do partido "Nacional Socialista". Isso também causa uma grande confusão quanto à diferença. Assim como qualquer partido político pode mudar de posição ao longo do tempo, os nazistas também parecem ter feito isso. O Partido Nazista era, originalmente, o Partido Alemão dos Trabalhadores antes de trocar de nome, em 1920. Adolph Hitler tomou sua liderança em 1933 e parece ter abandonado as bases socialistas. De acordo com a enciclopédia Britannica, "os fascistas não faziam segredo sobre seu ódio a marxistas de todas as vertentes, desde os comunistas totalitários até os socialistas democratas." Assim como Mussolini utilizou esquadrões armados dos "Camisas Pretas" para suprimir sindicatos e movimentos de esquerda, a SA nazista, conhecida como "Camisas Marrons", era acostumada a reprimir violentamente tais manifestações na Alemanha.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...