Como restaurar baús antigos

•••

Baús de armazenamento eram as malas de antigamente. Eles eram tão duráveis que muitos deles ainda estão por aí. Se você tem um baú de armazenamento antigo em seu sótão, não o abandone; um baú pode ser restaurado para criar algo funcional e bonito. Um deles pode até mesmo se tornar sua mesa de café. Restaurar um baú exige tempo e paciência, e pode envolver a compra de algumas peças de reposição, mas o baú remodelado pode durar outros 100 anos e se tornar uma herança de família.

Passo 1

Avalie se baú. A maioria dos baús era feita de madeira macia, tal como pinho, reforçada com ripas de madeira rígida (geralmente carvalho), e cobertas com lona ou pele de animais. Os cantos era frequentemente reforçados com metal, e geralmente havia uma fechadura ou fecho de metal. Baús geralmente têm uma ou duas alças, normalmente feitas de tiras de couro grossas, presas por pontas de metal. Note peças danificadas ou ausentes e decida se você irá comprar peças de reposição ou tentar encontrar algumas de outros baús. Procure por marcas de identificação no baú; várias fontes online o dirão de que o baú é feito.

Passo 2

Limpe ou retire o material de cobertura. Se a lona ou pele o cobrindo estiver em boas condições, será muito mais fácil limpar e possivelmente consertar qualquer ponto que estiver faltando, do que retirar o material de todo o baú. No entanto, retirar as camadas até a madeira irá, frequentemente, resultar em um baú mais bonito. Se você decidir ficar com o acabamento em madeira, remova a lona ou pele antiga cuidadosamente, usando uma lâmina afiada (como um estilete), entre o revestimento e a madeira, uma área pequena de cada vez. Tente soltar as pontas de cada pedaço, então retire-o lentamente.

Passo 3

Remova cola velha da madeira usando uma lixa, utilizando a parte com textura e aplicando leve pressão.

Passo 4

Remova qualquer ferrugem das peças de metal, usando lã de aço e escova de aço. Algumas vezes é mais fácil remover o componente de metal antes de começar a trabalhar nele. Levante a cabeça do prego e use um cortador para arrancá-la; então, gentilmente bata ou levante o prego, para que ele se solte. Trabalhe de dentro do baú, se você puder. Uma Dremel, uma cabeça de lixa em forma de cone, conectada a uma furadeira, pode ser útil. Outras cabeças de lixa conectadas à furadeiras podem ser destrutivas. Quando a ferrugem tiver sido retirada, lustre o metal à mão, ou usando uma roda de polir de fios flexíveis, conectada a uma furadeira.

Passo 5

Recoloque as peças de metal usando pregos de metal pelo menos 0,6 cm maiores do que a largura da madeira; martele pelo lado de fora, segurando um esporão de pregos na parte de dentro, para dobrar a ponta do prego de volta para dentro da madeira. Usar parafusos de madeira, apesar de mais rápido, irá diminuir o valor de antiguidade do baú.

Passo 6

Refaça o interior. Muitos baús antigos eram forrados com papel, que cria bolor e odor. Para uma maior durabilidade, retire todo o papel, até chegar na madeira, e então lixe. Umedeça o papel, para ajudar a dissolver a cola, se necessário. A maioria dos especialistas não recomenda que se forre novamente o baú com papel ou tecido, e muitos acreditam que é melhor deixar a madeira sem acabamento, para permitir que a mesma expanda e contraia sem empenar.

Mais recentes

×