O que acontece depois que o espermatozoide alcança o óvulo?

Escrito por suzanne schuetter | Traduzido por lucas albuquerque
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que acontece depois que o espermatozoide alcança o óvulo?
É uma corrida para um espermatozoide fecundar o óvulo primeiro (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Durante a reprodução humana, uma mulher geralmente libera apenas um óvulo por mês, enquanto um homem normalmente libera milhões de espermatozoides durante uma ejaculação. Estes espermatozoides lutam durante seu fluxo, literalmente, para chegar ao óvulo para fecundá-lo durante o período de 24 horas que é viável para gerar uma gravidez. Ainda assim, alcançar o óvulo é apenas metade da batalha. O que acontece em seguida é a parte mais importante caso esteja tentando engravidar.

Outras pessoas estão lendo

Penetração da membrana do óvulo

Dos milhões de espermatozoides que são liberados durante o sexo, apenas algumas centenas realmente atingem o óvulo. Nesse ponto, os espermatozoides começam a chicotear suas caudas freneticamente. Isto os ajuda a penetrar na membrana externa de do óvulo, a qual é suavizada por uma substância química existente sobre a cabeça de cada espermatozoide que permite que o esperma escave através da membrana.

Proteção da membrana do óvulo

Uma vez que um único espermatozoide penetra com sucesso a membrana do óvulo, esta transforma-se imediatamente em uma barreira impenetrável para evitar que outro atravesse. Esta parte do processo de fertilização acontece na tuba uterina, geralmente na porção mais larga próxima ao útero.

Fertilização

Conforme o óvulo e o espermatozoide combinam seus cromossomos, o óvulo é oficialmente fertilizado, criando um zigoto. Os cromossomos combinados começam a se dividirem em novas células, formando um embrião. Isto é por vezes também conhecido como um blastocisto, uma pequena esfera de cerca de 100 células, até que ocorra a implantação.

Implantação

A gravidez não é totalmente viável até que o embrião criado seja implantado na mucosa uterina durante a fertilização. Para o implante ocorrer, o embrião deve romper sua membrana, para penetrar na mucosa uterina, um processo chamado de "nidação". Ele pode demorar, em qualquer lugar, cerca de três a sete dias para viajar a partir da tuba uterina para o útero e fazer a nidação antes de implantar-se no útero para formar uma gravidez.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível