Como alimentar com uma seringa um gato que não come

Escrito por louise lawson | Traduzido por fellipe jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como alimentar com uma seringa um gato que não come
A alimentação de seu gato com uma seringa fornece os nutrientes necessários quando ele não come por si próprio (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Um gato pode parar de comer por uma série de razões, incluindo dor de dente, doença ou lesão. Alguns animais somente se alimentarão se a ração for macia, mas os mais teimosos ou doentes devem ser alimentados à força. Você pode fazê-lo com uma colher, se ele abrir a boca, mas se o animal não mostrar nenhum interesse em alimentos, uma seringa pode ser necessária até que ele esteja disposto a comer de forma voluntária.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Substituto do leite para filhotes
  • Comida de gato enlatada
  • Alimentos para bebês à base de carne
  • Tigela pequena
  • Seringa
  • Óleo vegetal
  • Toalhas

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Leve o gato ao veterinário para um exame físico completo. Ele examinará o animal da cabeça aos pés, excluindo todas as lesões internas ou doenças que requeiram cuidados veterinários em tempo integral. Se o veterinário liberar o gato para tratamento em casa, pergunte quantos gramas de comida o animal deve ingerir em cada refeição para evitar a perda de peso.

  2. 2

    Alimente o gato com três pequenas refeições por dia para fornecer uma nutrição adequada, mas sem sobrecarregar o sistema digestivo. Os animais saudáveis​​, muitas vezes, comem pela manhã, ao meio-dia e novamente antes de dormir, de modo que alimentar o felino tão perto de suas refeições normais quanto possível facilitará o processo.

  3. 3

    Misture uma pequena lata de comida úmida para gato e um pequeno pote de comida para de bebê à base de carne em uma tigela pequena. Adicione lentamente um substituto de leite para filhotes suficiente até formar uma pasta fina. A comida para bebês pode ser à base de carne de boi, porco ou galinha, mas não deve conter cebolas como um ingrediente, uma vez que os gatos não conseguem digeri-las efetivamente. Guarde a pasta que sobrar durante até 24 horas no refrigerador.

  4. 4

    Puxe o êmbolo da seringa e umedeça a rolha de borracha com um pouco de óleo vegetal. Aqueça a pasta até atingir a temperatura ambiente no micro-ondas ou colocando o recipiente sobre uma panela com água fervente. Recoloque o êmbolo da seringa e extraia a quantidade recomendada pelo veterinário.

  5. 5

    Enrole o gato em uma toalha limpa e ajeite-o em seu colo. Coloque uma mão sob o queixo do animal e empurre a ponta da seringa no canto de trás de sua boca. Comprima lentamente o êmbolo para distribuir a pasta na língua do gato. Ofereça a mistura em pequenos incrementos, deixando-o lamber e engoli-la entre cada dose. Limpe toda a pasta derramada do rosto do animal após a alimentação.

Dicas & Advertências

  • Ligue para o veterinário imediatamente se o gato mostrar quaisquer sinais de vômitos ou diarreia. Mesmo que o animal esteja comendo a pasta, problemas digestivos podem levar à desidratação grave.
  • Não empurre muito a seringa para dentro da boca do gato. A ponta de plástico rígida pode danificar o palato mole.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível