Antifúngico caseiro

Escrito por lisa myers | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Uma vez que um fungo se instala no corpo humano, ele pode se manifestar em uma grande variedade de formas. Os fungos provocam condições conhecidas, tais como: "pé-de-atleta", infestação em unhas dos pés e das mãos, micoses, infecções vaginais e até candidíase. Aprenda alguns remédios caseiros que podem prevenir ou combater infecções fúngicas.

Outras pessoas estão lendo

Combater infecções fúngicas no cólon

O uso de antibióticos pode causar efeitos negativos no equilíbrio de bactérias e fungos benéficos do cólon. As leveduras de antibióticos são tipos de fungos. Logo, é importante que seja feita uma reposição de bactérias boas após tratamentos com esses medicamentos. Isso servirá para evitar que a proliferação fúngica fique fora de controle. Uma reposição pode ser feita com a suplementação com leite acidófilo e outros probióticos.

Consumir iogurtes com culturas viáveis e ativas pode ajudar a reconstituir a flora bacteriana no cólon (assim como o consumo de pequenas quantidades diárias de chucrute e kefir). Os probióticos podem ser comprados em forma de pílula na maior parte das drogarias. A dosagem desse tipo de suplemento é normalmente de uma cápsula por dia. Os fungos se alimentam de açúcares e carboidratos e podem crescer rapidamente com uma dieta rica em alimentos refinados. Portanto, esse tipo de carboidrato deve ser evitado ou eliminado durante o tratamento de infecções fúngicas.

Combater infecções tópicas

As infecções fúngicas tópicas são muitas vezes chamadas de micoses, pé-de-atleta ou dermatofitoses, dependendo da área do corpo afetada. A região em questão deve ser lavada com água morna e sabão, e ser bem enxuta. É muito importante manter o local seco, pois condições de umidade permitem uma maior proliferação dos fungos. O óleo de melaleuca é um excelente antifúngico e pode ser adquirido em drogarias. Aplique o óleo generosamente na área afetada e mantenha-a descoberta. Caso a infecção seja na região pélvica, use roupas íntimas de algodão que não sejam muito justas.

Um tratamento alternativo para infecções fúngicas nos pés consiste em mergulhá-los em uma bacia com uma solução de vinagre de maçã. Cerca de 1/4 de xícara de vinagre de maçã para cada 4 litros de água morna é suficiente para combater os fungos.

Essa também é uma boa opção para infecções nas unhas dos pés. Entretanto, as unhas devem secar naturalmente após a imersão. Aplique peróxido de hidrogênio (água oxigenada) na unha afetada com um pedaço de algodão e deixe secar. É importante manter os pés o mais secos possível. Caso não seja possível, é recomendável o uso de sapatos abertos ou meias de algodão.

As infecções vaginais podem ser tratadas com a aplicação de iogurte sem açúcar diretamente no canal vaginal. O alho é considerado um antifúngico e um dente pode ser inserido na vagina. Algumas pessoas são extremamente sensíveis ao óleo originado do alho, portanto, use esse remédio com cuidado. Ele pode ser envolvido em um pequeno pedaço de gaze e amarrado com fio dental. O alho, então, é removido apenas com uma puxada do fio dental. Outra opção, é inseri-lo sozinho no canal vaginal e mantê-lo durante a noite. Retire pela manhã.

Esses métodos caseiros podem ser muito desconfortáveis. Existem kits probióticos naturais especialmente preparados para tratar infecções fúngicas. Eles podem ser comprados em uma loja de produtos naturais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível