Educação e ciência

O aumento do uso alternativo de discos magnéticos em empresas

Escrito por micah mcdunnigan | Traduzido por max jahnke
O aumento do uso alternativo de discos magnéticos em empresas

A ausência de partes móveis de um drive de estado sólido torna-o mais confiável

Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images

Por conta da preocupação com seus resultados, a maioria das empresas espera para adotar novas tecnologias até que o custo e a confiabilidade das tecnologias cheguem a sua utilidade potencial. Este tem sido o caso com a unidade de estado sólido, método alternativo de armazenamento de dados em relação às unidades baseadas em disco magnético. As unidades de disco magnéticos eram o padrão da indústria desde os primórdios da computação, por isso as empresas esperaram até que a tecnologia alternativa ficasse totalmente madura para começar a adotá-la.

Outras pessoas estão lendo

Disco Magnético

A tecnologia de um disco revestido em fita magnética continua a ser a base da maioria das unidades de armazenamento até o início do século XXI. Seja em um disquete de 3,5 polegadas, um CD, um DVD ou um disco rígido com gigabytes de capacidade, seu armazenamento era baseado no salvamento de unidades binárias em unidades de fita, fazendo com que partes individuais do disco contivessem uma carga ou não (para criar diferentes níveis lógicos). No entanto, o advento dos discos rígidos de estado sólido no qual os dados são armazenados eletronicamente, em vez de magneticamente, leva a novas oportunidades tecnológicas para as empresas.

Pen drives

Um dos primeiros usos populares de armazenamento de estado sólido era em forma de "pen drives", cartuchos do tamanho do polegar humano, que poderia salvar alguns gigabytes de dados. Estes ofereciam capacidades de armazenamento de dados significativamente maiores do que mídias tradicionais, como CDs ou DVDs, não precisando de nenhum processo especial para gravar novos arquivos neles, além de serem mais fáceis de transportar e resistentes o suficiente para viajar no chaveiro de um empresário. Isto permitiu uma maior produtividade do trabalhador, permitindo que funcionários trabalhem no mesmo conjunto de grandes arquivos entre vários computadores.

Benefícios tecnológicos sobre os discos rígidos

O uso de alternativas de estado sólido em relação ao armazenamento baseado em fitas magnéticas em discos rígidos de computador tem uma série de benefícios para implantações corporativas. Como os discos de estado sólido não têm partes móveis, ao contrário do aparelho mecânico que gira e lê o disco magnético em um disco rígido antigo, eles são menos vulneráveis ​​a falhas mecânicas não planejadas. Além disso, podem recuperar os dados mais rapidamente do que os discos rígidos baseados em magnetismo. Isso faz com que os funcionários sejam capazes de trabalhar em seus computadores mais rapidamente e, quando implantado em servidores e sistemas de armazenamento baseados em nuvem, eles melhoram o desempenho de recuperação de dados através da rede.

Recursos aprimorados

Embora as alternativas de armazenamento em estado sólido tenham propiciado uma série de oportunidades tecnológicas para as empresas em relação ao armazenamento em fita magnética , foi só depois de 2010 que as empresas começaram a usá-las. Parte da razão pela qual ekas começaram a adotar drives de estado sólido deveu-se ao fato de que as empresas de manufatura foram vencendo duas das principais barreiras para a adoção de novas tecnologias: custo e confiabilidade. A diminuição de custos foi refletida nos preços de mercado, e nos fabricantes anunciando a confiabilidade de seus produtos, dando garantias cada vez mais generosas com os novos tipos de unidades.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media