Benefícios e desvantagens das coleiras de corpo

Escrito por zoobia ilyas | Traduzido por victor dajas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Benefícios e desvantagens das coleiras de corpo
Uma coleira de corpo inteiro dá ao dono maior controle sobre raças de grande porte (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Colarinho é a parte da coleira que vai ao redor do pescoço do cão e é essencial para você ter melhor controle e fazê-lo andar obedientemente ao seu lado. Existem colarinhos dos mais diferentes tipos, como enforcadores, colarinhos de choque, de pano e vários modelos de corpo inteiro.

Outras pessoas estão lendo

Função

A função das coleiras de corpo varia de acordo com o tamanho do seu animal. Alguns animais de menor porte, as usam por razões médicas, como no caso de uma traqueia sensível ou problemas respiratórios. Raças de maior porte, tendem a ser mais fortes e esse tipo de coleira dá ao dono um maior controle sobre o animal. Além disso, o uso é também recomendado a cachorros com pescoços largos e cabeças pequenas, nos quais é difícil manter coleiras com colarinho tradicional firme.

Coleira de corpo

A coleira de corpo mais comum é aquela cujo colarinho se conecta à guia na altura do omoplata. Elas são recomendadas a raças de pequeno porte, como yorkshire e shi tzus, que não se adaptam bem às coleiras tradicionais que vão em volta do pescoço. Além disso, são também recomendadas a animais que insistem em puxar a coleira. Tome cuidado, pois, quando usadas durante um longo período, as coleiras de corpo podem irritar as axilas do seu animal e enrolar o pelo de cães com pelagem comprida. Ainda, por distribuir a força do animal mais uniformemente, essas coleiras deixam o animal mais propenso a puxar, o que pode eventualmente danificar sua traqueia.

Coleiras anti-puxão

Diferentemente das coleiras de corpo tradicionais, as coleiras de corpo anti-puxão têm a junção do colarinho à guia na altura do peito. Quando o animal tenta correr a sua frente, esse tipo de coleira vai guiá-lo de volta para você, impedindo-o de continuar puxando. São o tipo ideal de coleira para animais de grande porte e para aqueles que tem o costume de puxar a guia. As irritações nas axilas e o enrolamento dos pelos são ainda mais frequentes do que no caso das coleiras de corpo tradicionais, então o uso por longos períodos não é recomendado. Além disso, elas normalmente custam mais caro do que os outros tipos de coleira.

Coleira de cabeça

A coleira de cabeça leva esse nome devido a maneira que ela se conecta a mandíbula do animal e são recomendadas a cães que tem o hábito de puxar constantemente a guia. Similarmente a rédea usada em cavalos, esse tipo de coleira desencoraja o animal a puxar por guiar o cão pela cabeça e são ótimas opções para treiná-lo a andar ao seu lado. Embora se pareçam com uma focinheira, elas são confortáveis e dão ao animal espaço suficiente para beber água ou latir. Em alguns casos, os cães podem resistir bastante ao uso desse tipo de coleira e demorar até se adaptarem. Ainda, em casos mais severos, eles podem se recusar a cooperar completamente e tentar enrijecer o pescoço para continuar puxando a guia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível