Os benefícios da proteína de soja em pó

Escrito por sara tomm Google | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os benefícios da proteína de soja em pó
O consumo de soja traz diversos benefícios à saúde (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

A proteína de soja em pó é a partir dos grãos de soja, que pertencem à família das ervilhas. Ela é usada como um suplemento proteico para fisiculturistas, pessoas em regimes especiais, vegetarianos e qualquer um que deseje reduzir o consumo de proteína e gordura animal. O pó pode ser misturado a bebidas saudáveis, usadas como substitutos para refeições durante as dietas, e na preparação de refeições e sobremesas. Em seu relatório de março de 2005 sobre a origem, história e usos da soja, o Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Iowa, EUA, listou a produção alimentícia, aplicações industriais e fins medicinais entre os muitos usos desse vegetal versátil. A história da soja continua a se desdobrar através de pesquisas conduzidas em todo o mundo.

Outras pessoas estão lendo

Histórias

A soja era originalmente cultivada na China como um dos principais produtos alimentícios há aproximadamente 13 mil anos atrás. Ela eventualmente chegou a outros países asiáticos no século 17. Por volta de 1900, chegou à Europa e abriu caminho para os EUA. Fazendeiros americanos originalmente usaram a soja como forragem para alimentação animal e como uma planta de rotação de culturas, para repor os nutrientes do solo empobrecido. Como resultado de pesquisas científicas sobre os benefícios da soja para a saúde, ela se tornou um popular item alimentício. O Brasil é o segundo maior produtor mundial do grão.

Benefícios

Em sua consultoria científica de 17 de janeiro de 2006 sobre a proteína de soja, isoflavonas e saúde cardiovascular, a American Heart Association declarou que a proteína de soja tem um efeito mais benéfico na redução do colesterol LDL do que as isoflavonas da soja, compostos parecidos com o estrogênio encontrado no vegetal. Em 26 de outubro de 1999, a FDA aprovou o uso de rótulos para produtos de soja que informam sobre a redução dos riscos cardiovasculares e dos níveis de colesterol provocada pelo consumo diário de 25 gramas de proteína de soja. O website The World's Healthiest Foods resenha alguns dos estudos que descobriram os abundantes benefícios à saúde da proteína de soja para perda de peso, redução do colesterol, proteção cardiovascular, aumento da massa óssea em mulheres pós-menopausa, estabilização da glicose na diabetes tipo 2 e redução no risco de câncer de mama e próstata.

Produtos

O Programa de Extensão e Pesquisa em Soja da Universidade Estadual de Iowa lista mais de 100 usos para a soja, incluindo produtos industriais, farmacêuticos, agrícolas e alimentícios. Entre os itens incluídos na lista estão tinta, verniz, linóleo, lubrificantes, ração animal, desinfetantes, antibióticos, cereais, comida para bebês, alimentos dietéticos, pães, sorvetes, óleo, molhos para salada e sabonetes. Produtos familiares a pessoas em dietas especiais, vegetarianos e defensores de alimentos saudáveis incluem tofu, tempeh, miso, leite de soja e molho de soja.

Pontos negativos

O website The World's Healthiest Foods discute a ligação entre as isoflavonas da soja e o hormônio estrogênio em busca de uma possível relação negativa ao câncer de mama. Como apenas relatórios conflitantes estão disponíveis atualmente, fatores negativos relacionados à soja não foram confirmados. O Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, EUA, em seu relatório esboçando os benefícios e riscos da soja, afirma que distúrbios de tireoide preexistentes, histórico de câncer de mama e gravidez são áreas de preocupação em processo de investigação por possíveis efeitos adversos. Também citada no relatório é a redução na absorção de certos minerais (cálcio, ferro e zinco) ligada ao uso da soja. Portanto, é recomendado que a ingestão de suplementos de vitaminas e minerais e o consumo de soja sejam espaçados por várias horas.

Conclusão

Os prós superam largamente os contras relacionados à proteína e outros produtos de soja; porém, antes de fazer qualquer modificação em sua dieta, especialmente na presença de distúrbios médicos preexistentes, é recomendável consultar um médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível