Mais
×

Como brincar o Carnaval com conforto e segurança

Flickr RIOTUR | ASCOM

Introdução

O Carnaval é a festa popular mais importante do Brasil e também a mais aguardada. Tanto para os que irão viajar e curtir o feriadão na praia, quanto para os que pretendem cair na folia. Entretanto, a aglomeração de pessoas nas cidades do litoral, nas estradas do país e nos aeroportos, o alto consumo de álcool e o clima quente do verão exigem algumas medidas simples, mas importantes, capazes de garantir um feriado divertido, seguro e tranquilo.

Maria Teijeiro/Lifesize/Getty Images

Revisão do veículo

A primeira medida para quem vai encarar uma viagem de carro é verificar se está tudo em ordem com o automóvel. O melhor é visitar um mecânico de confiança e checar as condições das rodas, alinhamento, suspensão, balanceamento, sistema elétrico, verificar triângulo, macaco, chave de roda e estepe. Para o conforto dos passageiros e do motorista, que tal uma passada no lava-rápido? Vidros limpos também são indispensáveis. Não esqueça do documento do carro, carteira de motorista e de encher o tanque. Ufa! Tudo pronto? Agora, sim, pé na estrada!

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Hora de fazer as malas

Depois da revisão no carro, é hora de fazer as malas. O calor é intenso nessa época do ano, então o melhor é usar roupas confortáveis, de tecidos leves como algodão e linho. Para quem aprecia caminhar na orla, não esqueça do tênis e do chapéu ou boné. Para a praia, traje de banho, chinelos e também toalhas exclusivas para se enxugar ao sair do mar. Já o perfume importado, melhor deixar em casa e levar uma colônia mais leve. Não esqueça de incluir na necessaire os remédios que você usa habitualmente, como analgésico, antialérgico e antiácidos.

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

Álcool e direção

Todo mundo já está cansado de saber do perigo que é misturar bebida e direção, uma combinação que pode ser fatal. Acidentes de trânsito são a principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos de idade em todo o mundo. No ranking da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil ocupa o quinto lugar em número de mortes no trânsito. Só fica atrás da Índia, China, EUA e Rússia. Em 2011, o Ministério da Saúde registrou 153,6 mil internações no Sistema Único de Saúde (SUS) decorrentes de acidentes de trânsito. Assustou? Então, se beber, pegue um táxi.

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

Filtro solar: não saia de casa sem ele

Se tem um item indispensável (não só no Carnaval) é o filtro solar. Ele deve ser aplicado diariamente pela manhã e reaplicado durante o dia. Mas, na praia e na piscina, é imprescindível reaplicar sempre ao sair da água. Uma dúvida comum das pessoas é referente ao fator de proteção a ser escolhido na hora de comprar o produto. Segundo especialistas, o fator não é tão decisivo na proteção. O que realmente fará a diferença é o tempo de exposição ao sol. Portanto, não importa se o fator de proteção do seu filtro solar for 30 ou 80, reaplique a cada duas horas e sempre ao sair da água.

Visage/Stockbyte/Getty Images

Hidrate-se

Você sabia que uma pessoa é capaz de resistir a mais de 150 dias sem comer, porém, após 36 horas sem água, o corpo entra em falência? A água é indispensável para o bom funcionamento do organismo e ajuda na eliminação de toxinas. O ideal é que sejam consumidos, no mínimo, dois litros por dia. Se você tem dificuldade de beber água, leve uma garrafinha térmica e tome aos poucos no decorrer do dia. Você vai notar a diferença na pele, no cabelo e, principalmente, na disposição.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Faça refeições leves

Muito cuidado com a alimentação nos dias de Carnaval. As altas temperaturas são um perigo, pois contribuem para a rapidez da deterioração dos alimentos. O melhor é ingerir frutas, saladas e alimentos leves. Evite cardápios muito calóricos e faça refeições leves de três em três horas. Muito cuidado ao higienizar alimentos! As saladas e frutas devem ser lavadas em água corrente e permanecer por 15 minutos em uma solução de água com vinagre ou hipoclorito de sódio. A medida é um litro de água para cada 15 gotas. Se você vai curtir a muvuca, redobre os cuidados com a saúde nos dias anteriores tomando vitamina C. Assim, você fortalece seu sistema imunológico e diminui o risco de contrair uma virose durante as festas.

Marcelo-Kaneshira/iStock/Getty Images

Sua segurança

O Carnaval, assim como o Réveillon, é um feriado que requer mais atenção que o normal no que diz respeito à segurança. Algumas medidas podem ser muito úteis para prevenir roubos e furtos. Tanto na praia como nos bailes e blocos, evite usar joias, objetos de valor e levar grande quantidade de dinheiro. Se possível, leve o dinheiro reserva bem guardado dentro de um saquinho plástico no calçado ou na roupa. Não coloque itens importantes nos bolsos. Ao invés disso, guarde-os em uma bolsinha pendurada no pescoço e escondida em baixo da sua camiseta. Leve apenas documento e o suficiente para pequenas despesas. Nunca transite em locais desertos e pouco iluminados à noite. Jamais ande armado ou dirija bêbado. E em caso de qualquer movimento estranho ou emergência, ligue para o número 190.

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Cuidado com o carro

Se for possível, deixe o carro em casa e use táxi. Caso tenha mesmo de ir de automóvel ao polo carnavalesco, ao baile ou sambódromo, estacione seu veículo em um local iluminado. Alarmes e travas de segurança são bem-vindos assim como qualquer proteção extra. Muito cuidado ao entrar e sair do carro. Seja rápido, evite conversar e “enrolar” nessa hora, deixe para conversar dentro do carro. E muita atenção nos cruzamentos durante a madrugada e sempre, sempre, respeite a sinalização!

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

De olho nas crianças

As crianças também devem ser monitoradas com cuidado redobrado. Para as maiores, combine um ponto de encontro ou oriente-as a ir ao posto salva-vidas caso se percam. Já com os pequenos, muita atenção principalmente em locais com muito movimento. Pulseirinhas de identificação com o nome dos pais, endereço e celular são muito úteis, especialmente na praia. E não esqueça do filtro solar, muita água, alimentação leve e se eles ainda não souberem nadar, coloque boias. Lembre-se: no mar e na piscina, todo cuidado é pouco com os baixinhos!

John Foxx/Stockbyte/Getty Images

Relaxa... é Carnaval!

Em toda a situação em que há aglomeração de pessoas é preciso muita tolerância e paciência. Fica difícil se livrar de um esbarrão ou um empurra-empurra. Portanto, se você for mesmo encarar um bloco de rua, relaxe e entre no clima. Não se estresse com uma brincadeirinha sem graça (típica de quem bebeu além da conta) ou um pisão no pé. Se você é mais esquentadinho, melhor ficar em casa e assistir a folia pela televisão.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Sexo seguro

Fica difícil resistir a tantos apelos, drinques e corpos à mostra. Portanto, nunca é demais dizer que transar sem camisinha é a maior roubada! Além de uma gravidez indesejada, corre-se o risco de contrair uma doença sexualmente transmissível. De todas as recomendações para evitar DSTs, sem dúvida, o uso do preservativo é o mais recomendado e seguro por ser acessível e muito fácil de ser utilizado. E, falando em Aids, o termo “grupo de risco” ficou no passado. O risco é de quem não se protege!

BananaStock/BananaStock/Getty Images

Se você vai ficar em casa...

Se você é daqueles que detesta Carnaval e quer saber é do conforto do seu lar e da cidade sem trânsito, que tal aproveitar e curtir os museus, ir ao cinema, receber os amigos em casa, assistir a DVDs, terminar aquele livro que você “encostou” e até fazer uma faxina no guarda-roupa? O que importa é estar em harmonia consigo mesmo! Mas lembre-se de que muitas dessas dicas sobre segurança e bem-estar valem para o ano todo, não apenas para o Carnaval!