Qual tipo de cabo deve ser utilizado para instalar TV via satélite?

Escrito por lyle burwell | Traduzido por marcos vinicios de araújo barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual tipo de cabo deve ser utilizado para instalar TV via satélite?
O Sinal de televisão via satélite requer o uso de multicomutadores em vez de divisores (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Quando se tem uma antena parabólica que recebe sinal de TV digital, o tipo de cabo necessário para o transporte de sinal para o receptor (também chamado de receptor digital) é o mesmo tipo de cabo utilizado nos serviços terrestres. Recomenda-se que para percursos menores que 30 metros, deve-se usar o cabo do tipo RG6. Já para distâncias mais longas o ideal é que se utilize o cabo do tipo Quad-Protetor RG6, também conhecido como RG6QS. Esses cabos são do tipo coaxial. O cabo RG6 é mais utilizado em trajetos menores de até 30 metros por causa do custo elevado do RG6QS. No entanto, o RG6QS pode ser utilizado em qualquer percurso em que normalmente se utiliza o RG6.

Outras pessoas estão lendo

Cabo coaxial

O cabo coaxial é composto por quatro camadas. A camada externa é um revestimento de plástico para proteção. O núcleo é um fio de cobre sólido e fica envolto em um tubo de material dielétrico flexível (isolante). Esse tubo por sua vez é coberto por cobre trançado. Esse tipo de cabo é muito utilizado por dois motivos: Os componentes do cabo protegem seu campo eletromagnético de interferências, permitindo que o cabo passe entre metal (tubos e calhas, por exemplo) sem o risco de perder potência ou sofrer interferência e outro fato importante é que o revestimento de material dielétrico assegura que o condutor interno mantenha o espaçamento constante entre os condutores, sendo que essa característica é dispensada para cabos de transmissão blindados utilizados em sinais de baixa frequência (como sinais de áudio). Outros tipos de cabos de transmissão com blindagem podem dobrar em cantos fechados.

Multicomutadores

Tanto o sinal terrestre quanto o digital via satélite utilizam o cabo RG6. A diferença é que o terrestre pode ser compartilhado e o via satélite não permite essa operação. As antenas parabólicas usam multicomutadores para transmitir sinais múltiplos. Os multicomutadores são específicos para o tipo de antena parabólica que você tem. Use cabos RG6 ao conectar o comutador ao Sat A e Sat B nas portas de saída do dispositivo LNB (Sigla para Low-noise block converter, em português: conversor de baixo ruído) no braço da antena. Destaca-se que é possível colocar um receptor secundário para dividir o sinal para mais de uma TV, no entanto para assistir a programações diferentes é preciso ter um receptor para cada televisor.

Diplexer

O diplexer se assemelha a um divisor e é utilizado para captação de sinal de TV, exceto o sinal do sistema via satélite. A instalação de um diplexer é feita para ser utilizada em uma antena externa com porta de saída para cabo coaxial, geralmente marcada como Saída Coaxial ou Saída de TV. Deve-se utilizar um cabo RG6 para fazer a ligação da antena à Porta Coaxial Local do multicomutador, da saída do multicomutador para o diplexer e deste para o receptor.

Alta definição

Os aparelhos de TV produzem uma imagem chamada de scanline (efeito TV). Um sinal convencional de TV usa 525 linhas por quadro. Já o sinal de alta definição usa até 1.080. Para receber sinal de alta definição via satélite basta utilizar cabos do tipo RG6. No entanto, se sua HDTV não tem uma Porta de entrada Sat, será necessário instalar receptores HD e multicomutadores HDMI. HDMI (Interface Multimídia de Alta Definifição, sigla em inglê). Os sinais em HD são comprimidos para transporte. O processo de descompactação do sinal em HD é semelhante a descompactação de arquivos zipados de computador. HDMI é o software de codificação utilizado para extrair os sinais comprimidos em HD transportados pelo cabo coaxial.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível