Como calcular o consumo CFM de um motor

Escrito por john stevens | Traduzido por aline kachel araujo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular o consumo CFM de um motor
Descubra o CFM ideal do seu veículo (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Para automóveis, o CFM, ou pés cúbicos por minuto, refere-se à quantidade de ar e combustível que o sistema de fornecimento de combustíveis consegue fornecer a um motor através das várias entradas. É comum aumentar o CFM do sistema de fornecimento de combustíveis para elevar a potência. Entretanto, equipar o motor com um sistema de fornecimento que forneça CFM demais acarretará no resultado oposto. Felizmente, é simples calcular o CFM ideal para determinado motor.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Multiplique o valor máximo esperado de rotações por minuto (RPM) do motor pelo seu deslocamento, calculado em polegadas cúbicas. Por exemplo, caso espere-se que o motor chegue a 6 mil RPM e o tamanho dele seja de 889 cm³, então temos 6.000 x 889 = 5.334.000.

  2. 2

    Divida o resultado do passo 1 por 3.456. Por exemplo, 5.334.000/3.456 = 1.543,402.

  3. 3

    Multiplique o resultado do passo três por 0,85, que representa a eficiência padrão de um motor na rua. Por exemplo, 1.543,402/0,85 = 1.311,891. Assim sendo, o motor deve ser equipado com um sistema de fornecimento de combustíveis capaz de fornecer entre 1.300 e 1.350 CFM.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível