Como calcular a tensão induzida de um rotor

Escrito por dwight chestnut | Traduzido por joão paulo nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular a tensão induzida de um rotor
Um rotor é uma parte funcional de um gerador elétrico (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Um rotor é o solenóide rotativo no interior das máquinas de corrente contínua. Os engenheiros usam máquinas DC para construir um gerador ou um motor. Quando ele é utilizado como um gerador, uma turbina a gás ou um motor a diesel, gira-se o rotor e o rotor gera energia eléctrica. Quando é usado como um motor, a energia eléctrica gira o rotor e o ele gera a energia mecânica necessária para operar um motor. Em ambos os casos, o rotor gira num campo magnético para produzir o resultado desejado.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Encontre o número total de condutores no rotor, ou "Z". Consulte as especificações de design do mesmo.

  2. 2

    Encontre a velocidade de rotação do rotor, ou "N", em rotações por minuto ou rpm. Consulte as especificações de design do rotor.

  3. 3

    Encontre o fluxo magnético por pólo no rotor, ou "M", em unidades de Weber. Consulte as especificações de design do rotor.

  4. 4

    Calcule a tensão induzida do rotor utilizando a fórmula Eo = (Z N M) / 60, onde Eo representa a tensão induzida do rotor. Por exemplo, se Z é 360 ​​condutores, N é 1200 rpm e M é 0,04 Wb, então temos [(360) (1,200) (0,04)] / 60, o que é igual a 288 V.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível