Como calcular o torque através de um redutor de engrenagem

Escrito por douglas quaid | Traduzido por andressa gonzalez
Como calcular o torque através de um redutor de engrenagem

As engrenagens de engate giram em diferentes velocidades e com diferentes quantidades de força

gears of clock image by jimcox40 from Fotolia.com

O redutor de engrenagem é um par de engrenagens interligadas. Uma delas é acionada por uma conexão de entrada, geralmente um motor que possui uma determinada velocidade, em rotações por minuto e torque. O torque é a força de rotação. O redutor de engrenagem transforma a força de entrada e a velocidade em diferentes forças e velocidades na saída. A quantidade total de energia, no entanto, permanece a mesma. A transmissão de seu carro é um exemplo de redutor de engrenagem. Na primeira marcha, a rotação rápida do motor é traduzida em baixa rotação com torque alto e, em quinta marcha, a engrenagem de saída gira rapidamente, mas com torque baixo. Você poderá calcular o torque de saída usando uma figura chamada "relação de transmissão" do redutor.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure o torque do motor em suas especificações.

  2. 2

    Procure a relação de transmissão de seu redutor de engrenagem se você tiver a documentação necessária. Se não tiver qualquer tipo de embalagem ou de documentação do redutor, conte os dentes em cada engrenagem. A relação de transmissão é o número de dentes da engrenagem de saída dividido pelo número de dentes da engrenagem de entrada, aquela ligada ao motor. Se não quiser contar os dentes, meça o diâmetro de cada engrenagem do centro até o ponto de contato entre elas. Divida o diâmetro da engrenagem de saída pelo diâmetro da de entrada.

  3. 3

    Multiplique o torque do motor pela relação de transmissão para obter o torque de saída. Por exemplo, um motor que expele 10 N.m de torque usado ​​com um redutor de engrenagem com uma relação de transmissão de 10:1 dará a você 100 N.m de torque na engrenagem de saída.

  4. 4

    Multiplique o torque de saída pela eficiência nominal do redutor de engrenagem, caso o fabricante tenha publicado essa informação. O resultado será o torque real de saída do redutor. O cálculo na etapa três pressupõe que o redutor transmite energia completa e eficientemente, mas, na realidade, todos os redutores perdem alguma energia devido ao atrito. As engrenagens leves de plástico são muito eficientes e, para muitas aplicações, você poderá ignorar a classificação de eficiência. No entanto, para engrenagens muito pesadas de metal ​​ou aplicações críticas, você deverá considerar a eficiência do redutor.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media