Características da arte do mosaico grego

Escrito por juliana hutchins | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Características da arte do mosaico grego
Mosaico grego antigo (mosaic image by Oleg Tarasov from Fotolia.com)

O mosaico é a arte da criação de peças de pedra e outras itens em argamassa ou cimento. O mosaico grego é particularmente bonito devido à arte utilizada e às histórias que ele transmite. Mosaicos detalhados retratam deuses, família, arquitetura e beleza do que foi e ainda é a Grécia.

Outras pessoas estão lendo

História

Os primeiros mosaicos conhecidos foram criados na China no 4º milênio a.C. Conforme as rotas de comércio foram estabelecidas, a arte se espalhou para Grécia e, posteriormente, Itália. Os mosaicos mais antigos encontrados na Grécia eram feitos com pedaços de escombros. Mosaicos de pedra britada evoluíram para mosaicos de pedras, mármore e vidro. Ao redor do primeiro século d.C., os mosaicos eram encontrados nas casas de todas as classes de pessoas. Através desses mosaicos, historiadores e arqueólogos da era moderna aprendiam muito sobre como as pessoas viviam, sua posição econômica, seus valores, suas atividades e o que idolatravam.

Materiais

O tesserae é um dos itens usados para fazer uma imagem de mosaico. Exemplos de tesserae podem ser feitos de vidro, mármores, pedras, pedaços de barro e cerâmica. Os primeiros mosaicos gregos usavam pedras, com a adição de materiais coloridos essa arte evoluiu. O tessarae é feito de uma mistura de cimento, areia e água. O barro preto é usado como uma base macia para definir e criar imagens na técnica bizantina de fazer mosaico.

 Características da arte do mosaico grego
Exemplo de tessela colorido usado em mosaico grego moderno (Mosaic Wind image by Towards Ithaca from Fotolia.com)

Técnica

Existem três técnicas utilizadas para fazer um mosaico grego. A técnica bizantina envolve esboçar um desenho sobre a madeira coberta de barro preto. O artista organiza as pedras, cola um pano fino sobre o mosaico e deixa secar. Depois de seco, o artista cobre a área da madeira em cimento e remove o pano.

A técnica direta é comumente usada para pisos e terreno, como um caminho. O artista faz uma armação de madeira ou metal, em seguida, preenche-a com uma mistura de cimento, na qual coloca a tessela. Essa técnica também pode ser empregada em uma base de madeira afixada no chão.

A técnica indireta é usada para fazer telhas grandes e obras de arte. O artista estende papel sobre um pedaço de madeira e cola as tesserae com a face voltada para o papel. Constrói-se uma moldura ao redor das bordas do mosaico, cobre-se a tesserae com uma mistura de argamassa e preenche-se o resto da moldura com cimento, coberto com arame e plástico para das estabilidade, e um outro pedaço de madeira. O artista vira o mosaico, descasca o papel e o deixa secar.

Função

Os mosaicos gregos eram feitos pela beleza, mas sua função também desempenhou um papel importante. Mosaicos foram usados como revestimento, para decorar fontes e caminhos de jardim e para decorar e reforçar colunas, paredes e escadas. Mosaicos também eram utilizados em tetos de igrejas e outros edifícios importantes.

Mitologia

A mitologia sempre desempenhou um grande papel para inspirar os mosaicos gregos. Os edifícios da Grécia são pontilhados com mosaicos de Zeus, Poseidon, Triton, Afrodite, Paris, Daphne e toda a família de deuses, descrevendo os mitos da Grécia antiga. Esses mosaicos são lindamente detalhados, com os deuses voando sobre animais exóticos, voando pelos céus e sobre oceanos, lutando batalhas corajosas e contando trágicas e belas histórias de amor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível