Os ciclos do bebê no primeiro trimestre e no ultrassom

Escrito por ann perry | Traduzido por lúcia collischonn de abreu
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os ciclos do bebê no primeiro trimestre e no ultrassom
Crescimento e desenvolvimento rápido ocorrem durante o primeiro trimestre de um bebê (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Durante o primeiro trimestre, que é da semana 1 até o fim da semana 12, um óvulo fertilizado cresce formando um feto. A data estimada do parto, que fica entre 38 e 42 semanas da última menstruação da mãe, é determinada durante o primeiro trimestre. Um ultrassom pode ser usado para auxiliar os médicos a fornecer os cuidados ideais. Fale com seu médico logo no primeiro trimestre para começar os checkups pré-natais.

Outras pessoas estão lendo

Ultrassom

Um ultrassom fetal ou ultrassom é uma técnica de imagem que utiliza ondas sonoras de alta frequência para produzir imagens de um bebê no útero. Esta tecnologia permite ao médico avaliar o crescimento e desenvolvimento do bebê e determinar como a gravidez está progredindo. Um ultrassom fetal é usado durante o primeiro trimestre para confirmar e datar a gravidez, para determinar a idade gestacional do bebê, para estudar a placenta ou para identificar anomalias fetais.

Semanas 1 a 3

A concepção ocorre duas semanas após o início de sua menstruação, de acordo com MayoClinic.com. As duas primeiras semanas do seu ciclo menstrual são contadas como parte da gravidez, embora não haja um óvulo fertilizado presente. Durante a Semana 3, a fertilização ocorre quando o óvulo e o espermatozoide se unem, formando um zigoto. O zigoto tem 46 cromossomos e viaja pelas trompas de Falópio para o útero. Ele divide-se rapidamente para formar um aglomerado de células. As células internas tornam-se o embrião e as células exteriores formam as membranas protetoras.

Semanas 4 a 6

Durante a Semana 4, o zigoto ou blastocisto se abriga na parede uterina. O âmnio - que produz o líquido amniótico - se forma, e o saco vitelino produz sangue para ajudar a nutrir o embrião até que a placenta assuma o trabalho. Na semana 5, o cérebro do bebê, a medula espinhal, o coração e a placenta se desenvolvem, e são do tamanho da ponta de uma caneta. Durante a Semana 6, o tubo neural se fecha, o coração começa a bombear o sangue e as características faciais básicas começam a aparecer, juntamente com pequenos brotos que se tornarão os braços e pernas.

Semanas 7 a 9

Depois de sete semanas, o cérebro e o rosto do bebê estão se desenvolvendo, as narinas se tornam visíveis e as lentes dos olhos começam a se formar. Os braços e as pernas são mais longos após oito semanas, e os dedos começam a aparecer. O tronco também começa a endireitar, e o cordão umbilical se forma durante a Semana 8. Na Semana 9, os braços podem dobrar nos cotovelos. Os dedos dos pés, sistema digestivo e órgãos reprodutivos internos começam a se desenvolver. A criança tem de 18 a 22 mm de comprimento ao final da Semana 9.

Semanas 10 a 12

Na semana 10, a cabeça é mais arredondada e a garganta começa a desenvolver-se. As pálpebras se fecham para proteger os olhos em desenvolvimento, e todos os órgãos vitais se desenvolveram e começaram a trabalhar em conjunto. A criança é chamada de feto na Semana 11, e as células vermelhas do sangue se formam no fígado. A genitália externa também começa a se desenvolver. O feto é de 50 mm de comprimento e pesa 8 g. Na Semana 12, que é o fim do primeiro trimestre, unhas se desenvolvem, o rosto tem um perfil humano, as cordas vocais se formam e os rins do bebê estão funcionando.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível