Como citar o título de um poema

Escrito por forest time | Traduzido por érica costa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Se você é formado em Português, as chances de que você terá que citar poemas com frequência são grandes. Citar poemas é um pouco diferente do que a maioria das outras fontes, porque em vez de citar o número da página do texto, você citará as linhas. O estilo mais utilizado para Português e estudos de literatura fornece orientação para a correta citação no texto dos poemas, bem como a listagem deles em sua página de obras citadas.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Relacione o título dentro do texto para que o leitor entenda que poema você está se referindo. Os títulos devem ser colocados entre aspas. Por exemplo:

    No poema "Cá nesta Babilónia", o autor...

  2. 2

    Cite o sobrenome do autor e as linhas para o qual você está se referindo entre parênteses no texto. Isso deve aparecer logo após você citar a fonte. Por exemplo:

    No poema "Cá nesta Babilónia", o autor critica a nobreza "Cá, neste labirinto, onde a Nobreza O Valor e o Saber pedindo vão Às portas da Cobiça e da Vileza" (Camões 9-11).

  3. 3

    Omita o nome do autor a partir de sua citação no texto se o nome foi mencionado anteriormente. Neste caso, cite apenas os números de linha no parêntesis. Por exemplo:

    No poema "Cá nesta Babilónia", Camoes critica a nobreza "Cá, neste labirinto, onde a Nobreza O Valor e o Saber pedindo vão Às portas da Cobiça e da Vileza" (9-11).

  4. 4

    Relacione o poema em sua página de trabalhos citados de acordo com o seguinte modelo:

    Sobrenome do Autor, Nome do Autor. "Título do Poema". Título do livro (em itálico). Nome do Editor. Cidade de publicação: Editora, ano de publicação. Meio de Publicação.

    Por exemplo:

    Vaz de Camões, Luiz. "Cá nesta Babilónia". Sonetos. Globo, 2013. São Paulo. Impressão.

    Se o livro não é editado, simplesmente omita a seção do nome do editor. Neste caso, a citação apareceria como segue:

    Vaz de Camões, Luiz. "Cá nesta Babilónia". Sonetos, 2013. São Paulo. Impressão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível