Mais
×

Como fazer um cocar indígena para crianças

Atualizado em 17 abril, 2017

Faça um cocar indígena para o seu filho, para ele usar uma peça dos nativos brasileiros. Você pode personalizar o cocar colorindo a massa antecipadamente com corante para alimentos. Deixe que seu filho escolha a cor da fita que usará como bandana, se ele estiver querendo adicionar esse chapéu no seu guarda-roupa. Você também pode personalizar o cocar, dependendo da ocasião em que for usá-lo. Por exemplo, se estiver fazendo o cocar para o dia do índio, as cores verde e amarelo caem melhor com a temática.

Instruções

O cocar indígena serve tanto em meninas quanto meninos (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)
  1. Meça um papelão corrugado de 5 cm por 45 cm em volta da cabeça do seu filho. Segure a tira, para que fique confortável na cabeça da criança, e corte o papelão que restar.

  2. Deixe a faixa de papelão plana e cubra-a com um pedaço de fita com 5 cm de largura, deixando pelo menos 15 cm de fita ultrapassando cada limite do papelão, para ficar como um rabo de cavalo. Una a fita ao papelão, com cola quente.

  3. Cole as unidades de massa penne em uma fileira única vertical ao longo da fita que está cobrindo o papelão. Vire o lado com a faixa de massa para baixo, para que o papelão fique voltado para cima.

  4. Decida quantas penas artificiais você quer colocar na frente do cocar; qualquer número entre seis e doze é a quantidade ideal. Faça suas próprias penas de cartolina, se não tiver penas artificiais, cortando na cartolina formatos longos e ovais de vários comprimentos e criando franjas nas bordas, com pequenos cortes com pouco espaço de distância ao longo de cada lado da elipse. Desenhe uma linha no centro de cada pena de cartolina, para ser a haste principal. Corte uma tira de 5 cm para servir como base das penas e prendê-las ao papelão, inserindo cola quente nas tiras no verso do papelão.

  5. Coloque pedaços de massa penne adicionais sobre o fim da penas, para que você tenha pelo menos 2,5 cm do final das penas expostas para inserir no cocar. Não adicione a massa às penas de papel, se as estiver usando. Aplique uma pequena quantidade de cola quente dentro da massa, para firmar as penas nela.

  6. Arrume as penas em uma fileira com a pena mais comprida no centro, seguida pelas menores gradualmente até o final. Encontre o ponto central na faixa de papelão. Ponha cola quente na pena maior e coloque-a no meio, acomodando-a entre as camadas do papelão, até encontrar a massa. Continue adicionando as penas em cada lado a partir da mais alta, diminuindo o tamanho gradualmente e deixando sempre 2,5 cm de espaço entre cada uma das penas.

  7. Enrole o pedaço de papelão em um círculo e prenda as pontas juntas com uma linha de cola quente. Deixe que as sobras da fita fiquem penduradas na parte de trás do cocar. Ponha cola quente em uma a três penas, em cada final de fita, para que as pontas das penas fiquem voltadas para baixo.

Dicas

  • Se não tiver massa, corte canudos de 5 cm de comprimento no lugar.

O que você precisa

  • Papelão corrugado de 5 cm por 45 cm
  • Tesoura
  • Pistola de cola quente com bastões de cola
  • Fita com 5 cm de largura
  • Massa penne seca
  • Penas artificiais
  • Cartolina
  • Canudos de plástico (opcionais)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article