Condição e sintomas de polegar de gatilho

Escrito por ryan mchargue | Traduzido por fellipe jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Condição e sintomas de polegar de gatilho
A condição denominada polegar de gatilho pode ser muito dolorosa (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

O polegar de gatilho é uma condição na qual o polegar (ou outro dedo) trava dolorosamente em uma posição dobrada e, por vezes, pode retornar ao estado normal sob pressão com um "clique". Ela pode ser extremamente dolorosa e pode ter várias causas.

Outras pessoas estão lendo

Causas

O polegar de gatilho ocorre quando a bainha que envolve o tendão flexor longo do polegar na mão contrai e engrossa, criando um nódulo macio. Quando o tendão passa através da bainha, ele é forçado contra o nódulo, gerando uma grande quantidade de resistência localizada. Em casos extremos, o nódulo é suficientemente grande para fazer com que o dedo "trave" no lugar uma vez que o tendão tenha passado através da bainha (à medida que o dedo é dobrado) e só pode retornar para uma forma estendida se for puxado com força suficiente para voltar para o lugar, forçando o tendão a passar o nódulo para uma posição estendida. A causa do inchaço pode variar dependendo do paciente. É provável que ocorra quatro vezes mais em mulheres do que homens e geralmente afeta pessoas de 50 a 60 anos. Pessoas com doenças inflamatórias tais como gota e artrite ou aquelas afetadas por uma infecção crônica estão mais propensas do que outras a sofrer de polegar, ou dedo, de gatilho. O inchaço que provoca o polegar de gatilho é normalmente causada por alguma forma de lesão de esforço repetitivo, em geral aquele que envolve o ato de segurar, tal como uso de ferramentas elétricas ou segurando um volante durante períodos prolongados. Em alguns casos, a um defeito congênito que faz com que o dedo de gatilho ocorra em crianças com idades entre um e quatro anos, embora usualmente não seja acompanhada por dor e geralmente não ocorra até que a criança esteja usando ativamente suas mãos.

Sintomas

Os pacientes com dedo de gatilho normalmente exibem um som de clique doloroso no dedo afetado ou uma sensação de "estalo" na articulação afetada. A dor geralmente é sentida quando o dedo é esticado ou dobrado. Esta é normalmente acompanhada por um ponto sensível na base dos dedos afetados no local do nódulo. Em casos mais graves, os sintomas acima são acompanhados por um dedo que "trava", o qual muitas vezes pode ser esticado com um estalo agudo.

Tratamento

O dedo de gatilho é uma condição com poucas opções de tratamento, exceto cirurgia. Injeções de cortisona podem ser usadas ​​para reduzir o inchaço a fim de interromper a postura de gatilho, mas conforme com a maioria dos tratamentos com cortisona, os resultados não duram tempo suficiente para o alívio consistente. Em geral, a cirurgia é a única opção para o tratamento a longo prazo de da doença e usualmente pode ser realizada em ambulatório. Ela envolve, em geral, simplesmente dividir o sistema flexor do tendão e suturando a mão e muitas vezes é feita com anestesia local em vez de geral.

Prognóstico

Com tratamentos não cirúrgicos tal como uma injeção de cortisona, os efeitos do tratamento duram um tempo muito limitado e quase certamente terão de ser repetidos. Para aqueles que se submetem a tratamento cirúrgico, tudo o que é necessário é a bandagem da incisão até que os pontos sejam removidos e cuidados básicos. Às vezes, o tratamento é prescrito por até seis semanas para melhorar a destreza e a função motora na área afetada.

Complicações

Se o dedo travou em uma posição por um período de tempo prolongado, terapia adicional pode ser necessária para esticar o tendão de volta para seu comprimento original, de modo a permitir que o dedo ou o polegar seja completamente estendido sem dor ou problema.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível