Como controlar os empregados no trabalho

Escrito por contributing writer | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como controlar os empregados no trabalho
Tenha o controle da situação (Picture by v hujer.)

O ambiente de trabalho pode, de vez em quando, fugir ao controle, quando os empregados parecem se aproveitar de um líder complacente que tem medo de tomar as rédeas. É necessário iniciativa e atitudes firmes se o escritório se tornou em um "hospício". Com mudanças mínimas e uma reavaliação de táticas qualquer empregador pode aprender a controlar seus subordinados.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Deixe claras as relações de trabalho, reafirmando a hierarquia. Os subordinados sempre se aproveitarão de líderes que têm medo de liderar ou de fazer cumprir as regras. Mostrar aos empregados qual é o lugar deles ajudará a persuadir alguns sem tomar medidas drásticas.

  2. 2

    Faça vistorias surpresa. Quando os empregados sabem quando serão avaliados, eles tendem a disfarçar a bagunça na véspera. Se as inspeções não tiverem hora marcada, poderá ser obtida uma noção realista de como funciona o ambiente de trabalho em situações normais. Mostre a eles provas estatísticas quanto ao desempenho deles, pois muitos se mostrarão céticos.

  3. 3

    Ofereça incentivos a quem obtiver rendimento acima da média. Todos querem ser pagos pelo trabalho feito, sem problemas para aqueles que quiserem se manter medíocres. Bonificações causarão uma reação positiva entre aqueles que já rendem mais que os outros e incentivarão alguns a se esforçar um pouco mais. Prêmios como flexibilidade de horário, maior intervalo de almoço, folgas e dias de roupas casuais podem ser dados para aumentar produtividade e colocá-los na linha.

  4. 4

    Separe os empregados problemáticos. Isso não significa que você deve colocá-los em um canto vestindo um chapéu de burro, mas sim que, às vezes, trocá-los de lugar tende a ser uma boa solução. Há vários tipos, como os amigos que conversam demais e acabam contagiando os demais colegas. Separá-los pode desapontá-los um pouco no começo, mas se você mostrá-los que a produtividade deles aumentou por isso, com uma pronta reavaliação, eles tenderão a reclamar menos. Entenderão esquema por trás da "loucura".

  5. 5

    Siga suas próprias regras. Estas devem estar bem estabelecidas na empresa, sem exceções constantes para quem quer que seja. Ir contra as regras uma vez pode ser acidental, merecendo advertência verbal e um leve retreinamento. Reincidências devem ser encaradas com seriedade, não importa o infrator. Exceções serão interpretadas como favoritismo e causarão consternação entre os funcionários.

  6. 6

    Manipule seus subordinados para obter um resultado positivo. Tal pode ser feito por bem ou por mal. Por exemplo, encorajá-los, dando apoio para fazer melhor, é uma forma de manipulação por bem. Use diversas técnicas para ter a equipe sob controle. Não exagere, pois tais manipulações se tornarão jogos mentais que acabarão por dificultar o progresso da empresa.

Dicas & Advertências

  • Atenção aos mínimos detalhes é necessária para angariar provas de que eles precisam de mais controle. Investigue as ações dos funcionários antes de formar conclusões. Pode ser que um problema seja mais simples ou mais profundo do que parece.
  • Evite exagerar seja qual for a situação. Deixar de ser leniente para se tornar, de repente, muito estrito pode causar confusão ou revolta na organização. Se mudar as regras, faça-o gradualmente ou de forma que passem a valer em uma data que seja conhecida por toda a equipe. Dê justificativas para as mudanças a todos os empregados, para evitar rumores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível