Cortes de cabelo curtos da década de 80

Escrito por elaine anderson | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cortes de cabelo curtos da década de 80
O mullet era popular entre os homens na década de 80 (Ryan McVay/Lifesize/Getty Images)

Os anos 80 foram uma década de auto-expressão e egocentrismo. Com a popularização dos cartões de crédito e o foco da mídia nos ricos e famosos, os filhos dessa geração vieram a ser chamados de "a geração alarde". Esse foco na individualidade e no materialismo levaram a uma série de experimentações no estilo pessoal, e o cabelo não foi exceção. Apesar do cabelo grande ter sido uma das maiores tendências da década de 80, cortes de cabelos curtos ainda eram bastante populares, apresentavam-se em várias formas e eram geralmente embaraçados e espetados para alcançarem tamanhos elegantes.

Outras pessoas estão lendo

Mullet

Artistas Glam como David Bowie popularizaram o mullet na década de 1970, mas foi com o hard rock dos anos 80 que o estilo realmente dominou o mundo da moda. Sua característica marcante era um corte curto na frente com um mais longo atrás, mas existiam muitas variações. Por exemplo, as mulheres tendiam a deixar os cabelos mais emplumados que os homens, e muitos escolhiam espetar ou embaraçar os cabelos do topo.

Bob e Chanel

Uma variedade de bobes era comum entre as mulheres nos anos 80. Bobes curtos derivavam do estilo de cunha, dos anos 70, no qual o cabelo tinha o mesmo tamanho até que chegasse às orelhas e então era cortado perto do escalpo atrás. A popularidade da Princesa Diana ajudou os bobes a prosperarem. Outros cortes eram mais tradicionais, como o Chanel, na altura do queixo. Uma coisa que todos eles tinham em comum era o volume. As mulheres eriçavam e faziam permanente nos fios para deixá-los bastante fofos, como a tendência ditava, alcançando o cabelo grande tão desejável enquanto mantinham um corte curto.

Cortes assimétricos

Curtos, picotados e desiguais, o visual assimétrico era considerado uma forma ousada de se rebelar contra estilos mais tradicionais. Franjas dentadas, cabeças raspadas de forma desigual e cabelo mais longo em um lado do que do outro foram popularizados por vários músicos da época, como Cyndi Lauper ou Boy George.

Rabos de rato

Rabos de rato eram comuns entre homens e meninos, uma vez que as mulheres tendiam a favorecer outros estilos. Homens ou meninos que apresentavam rabos de rato mantinham o resto do cabelo curto e até mesmo totalmente raspado, enquanto deixavam uma mecha comprida no centro do pescoço. Alguns homens chegavam a deixar seus rabos de rato crescerem até as costas. Eles geralmente os trançavam para facilitar o manuseio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível