Como criar um filhote de marreca-cabocla que foi abandonada

Escrito por deborah whistler | Traduzido por catarinne lima
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar um filhote de marreca-cabocla que foi abandonada
As marrecas-caboclas são distinguidas pelos seus longos pescoços (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

As marrecas-caboclas são de cor castanha com barriga preta, o rosto e uma parte superior do pescoço são cinzas e ele tem círculos brancos ao redor dos olhos. São aves altas e eretas que se distinguem pelas pernas longas e rosadas e longos pescoços. Esses patos são encontrados do sul do Texas ao litoral do México, na América Central e na Floresta Amazônica brasileira. Eles fazem seu ninho ninho na terra e várias fêmeas dessa espécie vai compartilham do mesmo ninho para colocar seus ovos. Se você encontrar patinhos selvagens abandonados, é melhor levá-los para alguém local, que seja especializado em reabilitação da vida selvagem. Se o cuidado profissional não estiver disponível, você pode cuidar da marreca-cabocla em casa.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Caixa ou bacia plástica
  • Jornal
  • Saco de lixo plástico
  • Lâmpada de calor
  • Ração para pintinhos
  • Ração peletizada
  • Comedouro pequeno ou vasilha
  • Termômetro

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Forre uma bacia plástica ou uma caixa com jornal. Se você estiver usando uma caixa, primeiro forre com um saco de lixo plástico, em seguida, coloque o papel em cima. Isso impedirá que o fundo fique encharcado.

  2. 2

    Coloque a caixa em um espaço confinado e quente. A lavanderia ou banheiro são as melhores opções para conter a bagunça e odor de patos filhotes.

  3. 3

    Mantenha os patinhos quentes com uma lâmpada de calor. Uma lâmpada de holofote ou uma lâmpada de calor para répteis deve ser colocada na sala para aquecê-la até cerca de 32 graus. Use um termômetro para monitorar a temperatura.

  4. 4

    Alimente-os com ração para patos selvagens, se possível. Ela é formulada com os nutrientes necessários para essa espécie. Se não encontrar, alimente com ração para pintinhos. Use uma lata pequena ou tigela de comida

  5. 5

    Despeje a água em uma tigela pequena ou forma de pizza. O prato de água deve ser raso, cerca de 1 centímetro de profundidade. Patinhos pequenos podem se afogar em água profunda.

  6. 6

    Assista os patinhos à medida que crescem para avaliar se o quarto está muito quente ou muito frio. Eles irão se amontoam perto da fonte de calor, se estiver muito frio e ficarão longe se muito estiver muito quente. Eleve a luz para fora da caixa do pato e diminua gradualmente a temperatura da sala de cerca de 5 graus em cada semana.

  7. 7

    Mova os patinhos para um ambiente maior. Eles irão dobrar de tamanho a cada semana. Depois de algumas semanas, mova-os para uma caixa maior ou uma baia em um galpão, celeiro ou garagem.

  8. 8

    Mude a alimentação para ração peletizada para aves quando patinhos tiverem 1 mês de idade. Procure ração com 14% a 16% de proteína. Algumas rações de aves contém níveis mais elevados de proteína, mas isso não é saudável para os patos. Eles podem permanecer nesta alimentação até na vida adulta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível