Como criar pintinhos com problema nas pernas

Escrito por paige tighe | Traduzido por pablo souza
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar pintinhos com problema nas pernas
Apesar de os pintinhos serem muio resilientes, existem alguns problemas nos pés e nas pernas que podem causar a morte (Chick image by photorich from Fotolia.com)

Apesar de pintinhos serem muito resilientes, existem alguns problemas nos pés e nas pernas que, se não tratados rapidamente, podem causar a morte ou necessidade de sacrifício. Pernas separadas ocorrem quando uma ou as duas pernas do pintinho saem para os lados. Isso pode ser causado por superpopulação da incubadora. Os pintinhos também podem ter dedos curvados, com ou sem pernas separadas. Ambos os problemas requerem intervenção imediata antes que os ossos endureçam. A maioria dos especialistas não esperam muito de pintinhos com pernas ruins.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Limpador de cachimbo
  • Tesoura
  • Fita adesiva
  • Cartolina fina

Lista completaMinimizar

Instruções

    Pernas separadas

  1. 1

    Corte o limpador de cachimbo pela metade. Corte uma das metades novamente ao meio para que você tenha dois pedaços pequenos de tamanho igual e um maior. Você não precisará de todos os pedaços imediatamente.

  2. 2

    Coloque o pintinho de costas em sua mão. Ele provavelmente irá dormir na hora. Com a outra mão (e talvez um ajudante), dobre um dos pedaços pequenos pela metade.

  3. 3

    Empurre as pernas do pintinho e junte-as de maneira que fiquem retas a partir dos quadris. Coloque o limpador de cachimbo ao redor das pernas para mantê-las no lugar, enrole o limpador de cachimbo e dobre as pontas para que o pintinho não se machuque. As pernas podem ser atadas acima ou abaixo dos joelhos.

  4. 4

    Fique de olho no animal para sinais de aflição e tenha certeza de que ele está comendo e bebendo. Não é incomum que outros pitinhos impliquem com o animal que manca, derrubando-o e mantendo-o afastado dos locais de água e comida.

  5. 5

    Troque a bandagem se escorregar ou cair. Consistência é crucial. Remova a fita depois de três ou quatro dias e verifique as pernas. Troque-a sempre que necessário.

    Imobilizando dedos curvos: método 1

  1. 1

    Coloque o pintinho de costas em sua mão. Desdobre os dedos e meça o tamanho do pé. Como os pintinhos são muito dóceis, você provavelmente não terá problemas nesse passo.

  2. 2

    Corte um pedaço de cartolina fina um pouco maior do que o pé do pintinho.

  3. 3

    Coloque os dedos do animal em ordem e prenda todo o pé ao pedaço de cartolina. Caso necessário, faça a mesma coisa com o outro pé ao mesmo tempo. Em poucos dias, os dedos devem se endireitar sozinhos.

    Imobilizando dedos curvos: método 2

  1. 1

    Imobilize os dedos separadamente. Comece nas extremidades dos pés do pintinho e amarre o limpador de cachimbo no início do dedo, sobre ele e até o centro do pé.

  2. 2

    Prenda o limpador passando uma fita ao seu redor.

  3. 3

    Siga o mesmo procedimento para os outros dedos. Quando acabar, corte os excessos de limpador de cachimbo. Tente manter os dedos imobilizados por vários dias.

  4. 4

    Tire as ataduras e verifique os dedos após dois ou três dias. Repita o processo caso necessário.

Dicas & Advertências

  • Não tente endireitar as pernas ou os dedos do pintinho depois de sua primeira semana de vida. Nesse ponto, os ossos começam a endurecer e o procedimento causa bastante dor. Fique com o pintinho após qualquer um desses procedimentos. Quando você devolvê-lo para a incubadora, o animal entrará em pânico. Levante-o sempre que ele cair até que ele entenda o que fazer. Isole-o apenas se estiver em perigo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível