Como descobrir o novo beta de uma carteira

Escrito por bryan keythman | Traduzido por guilherme rocha
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como descobrir o novo beta de uma carteira
Aprenda a recalcular o beta de sua carteira de ações (John Moore/Getty Images News/Getty Images)

O beta de uma carteira de ativos mede a correlação desta carteira com o mercado acionário como um todo e iguala a soma do beta ponderado de cada uma das ações, que equivale ao beta da ação vezes sua proporção na carteira. Cada vez que você inclui ou retira uma ação de uma carteira de ações, você irá afetar o beta desta carteira. Uma carteira com um beta igual a 1 move em linha com o mercado. Acima de 1, significa que ela oscila mais do que o mercado, e abaixo de 1, que ela oscila menos do que o mercado. Você pode calcular o novo beta de sua carteira após alterar a composição das ações que compõem seu conjunto de ativos.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Determine o valor total de sua carteira, o número de ações que estão nela, o valor de cada ação e o beta da carteira antes de fazer qualquer alteração nela. Por exemplo, digamos que você tenha uma carteira no valor de R$ 4 mil, investida em partes iguais em quatro ações, com cada uma com valor de R$ 1 mil. Presuma que o beta da carteira seja de 0,89.

  2. 2

    Determine o valor da ação que você vendeu em sua carteira e seu beta, e determine o beta e a quantidade das ações que você usou para substituir. Neste exemplo, vamos dizer que você tenha vendido R$ 1 mil de uma ação com um beta de 1,2 e substituiu pela mesma quantidade de ações com um beta de 0,7.

  3. 3

    Divida o valor das ações que você vendeu do valor da carteira para determinar a proporção da carteira que foi vendida. Em seguida, subtraia seu resultado de 1 para calcular a proporção da carteira que ainda resta. Neste exemplo, divida R$ 1 mil por R$ 4 mil, e você terá 0,25, ou 25%, que é a proporção da carteira que foi vendida. Em seguida, diminua 0,25 de 1 e você chegará a 0,75, ou 75%. Esta é a proporção que restou.

  4. 4

    Multiplique a proporção da carteira que foi vendida pelo beta da ação. Em seguida, subtraia o resultado do beta da carteira para calcular o beta ponderado da porção remanescente. Neste exemplo, multiplique 25%, ou 0,25, por 1,2, para chegar a 0,3. Em seguida, diminua 0,3 de 0,89, para chegar a 0,59, que é o beta ponderado da porção remanescente da carteira.

  5. 5

    Multiplique a porção da carteira que representa a ação substituta pelo beta da ação para calcular o beta ponderado desta ação. Neste exemplo, você está substituindo a ação que vendeu pela mesma quantidade de novas ações, então a proporção da ação que substitui na carteira é de 0,25. Multiplique 0,25 por 0,7 e chegará a um beta ponderado de 0,18.

  6. 6

    Acrescente o beta ponderado da ação substituta ao da parcela da carteira que você manteve para calcular o novo beta dela. Neste exemplo, some 0,18 a 0,59, e você chegará a 0,77. Isto significa que o beta da carteira caiu de 0,89 para 0,77 ao substituir a ação, o que representa dizer que o risco da sua carteira diminuiu.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível