Como determinar frequências de alelos

Escrito por tiffanyc | Traduzido por pamela oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como determinar frequências de alelos
Humanos normalmente possuem dois alelos de cada gene, um de cada um dos pais (people image by Adrian Hillman from Fotolia.com)

Um alelo é uma versão específica de um determinado gene. Podem existir muitas versões de um gene devido a mudanças na sequência de DNA dele. Humanos normalmente possuem dois alelos de um gene; uma cópia de cada um dos pais. O número de vezes que um alelo aparece em uma população é a frequência dele, que é usada para mostrar a variação genética envolvida em uma população. Para determinar se a frequência de uma população ideal não muda com o tempo, aplique a equação de Hardy-Weinberg.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Calcular a frequência dos alelos em uma população

  1. 1

    Encontre quantas cópias do alelo de interesse há na população.

  2. 2

    Encontre o número total de alelos, incluindo o de interesse, que existe na população.

  3. 3

    Para determinar a frequência do alelo, divida o número total de todos os alelos (Passo 2) pelo número de cópias do alelo de interesse (Passo 1).

    Calcular a frequência dos alelos com a equação de Hardy-Weinberg

  1. 1

    Assuma que existem dois alelos de um gene na população. Chame o primeiro de "W" e o segundo de "w".

  2. 2

    Encontre a frequência de cada alelo.

  3. 3

    Como existem dois alelos na população, a soma das frequências dos dois deve ser igual a um. W + w = 1 Então, se você encontrar a frequência de um alelo, por exemplo, w, apenas subtraia W de 1. w = 1 - W

  4. 4

    Calcule a frequência genotípica da distribuição dos alelos na população pela equação de Hardy-Weinberg. Como existem dois alelos de um gene, as possibilidades das combinações de alelos que os descendentes podem receber dos pais são: WW, Ww, wW, ww. Isso representa o genótipo de um indivíduo. Como Ww é igual a wW, existem duas chances do indivíduo receber essa combinação, então você pode agrupá-la como 2 Ww.

Dicas & Advertências

  • Segundo Hardy-Weinberg, o número de frequências genotípicas deve ser igual a um, na relação seguinte: W^2 + 2Ww + w^2 = 1. A razão pela qual "W" e "w" estão ao quadrado é porque esses alelos aparecem duas vezes no genótipo (WW ou ww), aumentando a força do alelo para 2. Para determinar um genótipo específico (por exemplo, ww), simplesmente use a equação de frequência de alelos (w = 1-W) para inserir a frequência genotípica do ww na equação.
  • A equação de Hardy-Weinberg só é usada para determinar se a frequência de alelos em uma população não muda. Ela não funciona se a população passar por seleção, mutação, migração, deriva genética ou se houverem cruzamentos aleatórios.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível