×
Loading ...

A diferença entre resumo profissional e perfil em um currículo

Atualizado em 13 setembro, 2018

Confundir um resumo profissional com um perfil pode acabar custando o emprego a um candidato em uma entrevista. Um resumo profissional e um perfil em um currículo são duas formas muito diferentes de apresentar as mesmas informações. No entanto, um candidato a emprego se concentra em preparar um resumo profissional para apresentar suas qualificações e interesse para um recrutador. Um perfil não faz parte de uma busca de trabalho, pois contém menos detalhes sobre a experiência de trabalho e mais informações pessoais que poderiam ser úteis, por exemplo, na introdução de um orador principal.

A diferença entre resumo profissional e perfil em um currículo (Pixland/Pixland/Getty Images)

Objetivo

Muitos currículos começam com um objetivo. De fato, um resumo profissional pode ser mais propenso a conter um objetivo do que um resumo do perfil. O propósito de um currículo com resumo profissional geralmente é posicionar um candidato a emprego para o próximo passo no caminho para seu objetivo. Um currículo com perfil pode não ser especificamente concebido para atrair a atenção dos recrutadores que procuram candidatos qualificados. Em vez disso, um perfil denota conquistas já alcançadas e uma declaração de alguém no auge de sua carreira.

Loading...

Experiência de trabalho

Embora um resumo e perfil profissional possam apresentar o histórico de trabalho, um resumo profissional é construído com o recrutador em mente. Um candidato a emprego inclui um resumo profissional para descrever a sua história de trabalho anterior para ilustrar por que ele está qualificado para a posição. Por outro lado, um perfil lista brevemente títulos ou posições detidas, que podem servir como uma introdução às funções de prestígio da pessoa.

Informação pessoal

Os críticos de currículos advertem fortemente a não inclusão de informações pessoais em um resumo profissional. Com exceção das informações básicas de contato, história do trabalho e da experiência, os candidatos a emprego que incluem um resumo profissional em seus currículos devem permanecer relativamente anônimo para os recrutadores — ou seja, eles não devem incluir informações que poderiam ser usados ​​para julgar injustamente se eles são qualificados com base em fatores não relacionados ao trabalho. Um perfil — particularmente um para um executivo de alto nível — pode indicar o estado civil do executivo, lugares que ele viveu e até mesmo nomes e idades de seus filhos. A intenção de um perfil é fornecer um instantâneo da vida da pessoa, e não para convencer o recrutador a chamá-lo para uma entrevista.

Educação

A formação acadêmica faz parte de um resumo profissional, bem como um perfil. No entanto, um resumo profissional normalmente fornece mais detalhes sobre a educação do candidato no que se refere à posição que ele quer. Por exemplo, alguém que é novo para o trabalho podem incluir cursos ou certificações que indicam que ele é um candidato viável. Um perfil, por outro lado, pode simplesmente afirmar: "João Silva é bacharel e Ph.D. em Economia pela Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro."

Participação cívica

Os candidatos são muitas vezes advertidos a não fornecer informações sobre o envolvimento na comunidade e a participação cívica que indica filiação política ou sugere apoio de grupos que excluem membros com base em raça, nacionalidade, sexo ou deficiência. Portanto, um resumo profissional só pode incluir uma lista de associações profissionais que o candidato pertence. Um perfil pode incluir afiliações com organizações que indicam filiação política, como pensamentos conservadores ou liberais e fundações de caridade.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...