×
Loading ...

Diferenças entre objetos banhados e chapeado a ouro

Atualizado em 21 novembro, 2016

Os fabricantes utilizam o ouro -- um metal precioso durável e versátil -- para produzir vários produtos, incluindo utensílios para a escrita, como lapiseiras ou canetas, molduras para óculos, vasilhames, joias e talheres. Produtos banhados e chapeados a ouro, que contêm ouro e metais de base como o níquel, o cobre ou o zinco, permitem o acesso dos consumidores a produtos com as virtudes estéticas do ouro, mas sem os altos custos. Apesar de terem relação com o ouro, produtos banhados e chapeados a ouro são muito diferentes.

Produtos banhados e chapeados são metais de base cobertos com ouro e podem ser distinguidos devido à variações na produção e apresentação dos mesmos (Sam Robinson/Photodisc/Getty Images)

Métodos de produção

Os padrões federais de identificação para produtos banhados e chapeados a ouro são baseados no método e nos materiais utilizados durante a fabricação. Banhar a ouro envolve a aplicação de liga de ouro ou ouro a metais não preciosos, como cobre, zinco e níquel, utilizando qualquer processo de banho adequado, a fim de alcançar uma distribuição uniforme dos materiais do ouro na superfície aplicada. A camada de ouro deve ter uma espessura total significante correspondente a, no mínimo, 20 milionésimos de uma polegada, o que é baseado na espessura comparativa de metade de um mícron de ouro puro. Além disso, a designação do quilate deve ser de, no mínimo, dez quilates. Da mesma maneira, a liga de ouro para objetos chapeados também não deve ser menor que dez quilates, mas é aplicada à superfície de materiais não preciosos, utilizando métodos de revestimento mecânicos como soldabrasagem, brasagem e solda branda. Embora a Comissão Comercial Federal dos Estados Unidos não defina uma espessura mínima, a liga do ouro deve apresentar nada menos que um vinte avos do peso total do produto.

Loading...

Durabilidade

Devido aos diferentes requisitos no cálculo da espessura aceitável da camada de ouro ou de liga de ouro, produtos banhados ou chapeados variam na capacidade de resistir à passagem do tempo. A espessura fina do banho torna-o vulnerável à deterioração da camada de ouro. Embora o chapeado de ouro, com percentual de conteúdo baixo de ouro para metal, também possa mostrar sinais de desgaste mais cedo do que os com maior percentual, os rótulos do fabricante acerca desses percentuais permitem que os consumidores diferenciem com mais facilidade a durabilidade dos produtos. Uma comparação geral da durabilidade de produtos banhados e chapeados a ouro indica uma longevidade maior para produtos chapeados, se comparados a produtos designados como banhados.

Qualidade

Embora produtos banhados e chapeados tenham similaridades nos requisitos mínimos da designação de quilates, a diferença nos métodos utilizados para calcular a menor proporção permitida de ouro para metal de base contribui para a diferenciar a qualidade, assim como a resistência. Com base na quantidade de ouro utilizada na espessura da camada, produtos banhados contêm menos ouro do que os chapeados. A baixa proporção de ouro resulta na deterioração acelerada, fazendo com que o banhado se torne gasto e arranhado, depreciando a aparência e minando a qualidade.

Preço

As diferenças relativas ao preço de produtos banhados e chapeados a ouro são resultantes de variantes relacionadas à produção. A durabilidade, a qualidade e o percentual de ouro são fatores determinantes do valor. Por essas razões, os produtos chapeados a ouro são mais caros do que os banhados. A capacidade do chapeado a ouro de resistir ao uso frequente e a fatores ambientais, como o sal natural da pele, que pode corroer a superfície desses produtos, resulta em preços mais altos, mas em uma necessidade menor de substituição.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...