Diferenças entre o revestimento de comprimidos com açúcar e filme

Escrito por marianne luke | Traduzido por josé moreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre o revestimento de comprimidos com açúcar e filme
Os comprimidos são revestidos com açúcar ou filme por muitas razões (pill cocktail image by Pontus Edenberg from Fotolia.com)

Ao comprar comprimidos, como vitaminas, os dispensados de receitas para gripe e drogas prescritas, você vai notar que todo comprimido tem uma textura suave. Isto se dá porque eles são revestidos com açúcar ou com um filme à base de polímero. Os comprimidos são revestidos por muitas razões, como para que sejam mais fáceis de engolir, omitir um gosto ou odor ruim e estabilizar os ingredientes. Embora o revestimento com açúcar e filme atendam a esses objetivos, existem prós e contras ao uso de ambos.

Outras pessoas estão lendo

Os benefícios do revestimento de açúcar

O revestimento de comprimidos com açúcar tem sido usado desde finais do século XIX. Trata-se de um revestimento espesso que envolve os componentes químicos, encobrindo o seu sabor e estabilizando a droga. Ele também protege contra a luz e a umidade, que podem interferir negativamente na ação da droga. O revestimento de açúcar sobre o comprimido tem a mesma fórmula do usado em doces mais suaves.

Os contras do revestimento de açúcar

O revestimento de comprimidos com açúcar aumenta bastante o seu tamanho. Isso pode tornar o comprimido mais difícil de ser engolido, além de aumentar os custos pela necessidade de uma embalagem maior. O processo de revestimento com açúcar leva muito mais tempo do que o de filme: pode demorar até duas semanas para a sua conclusão. Esse estilo de revestimento usa várias peças diferentes do equipamento e é difícil de se finalizar em pequena escala.

Os benefícios do revestimento de filme

O revestimento de comprimidos com filme tem sido usado desde a década de 1970. Compõe-se de um polímero, um plastificante, corantes e um solvente. Os polímeros mais comumente utilizados são tipos de celulose. Os plastificantes são materiais com baixo peso molecular que ajudam a quebrar as cadeias de polímero. Os solventes mais comuns são água e álcool. O revestimento de filme leva no máximo algumas horas para ser concluído e requer apenas uma peça de equipamento. Em razão do processo ser mais fácil e levar menos tempo, os cientistas têm sido inovadores, criando formas mais rápidas e eficientes de revestir um comprimido com filme. Cerca de 90% dos comprimidos produzidos em 2010 foram revestidos com filme.

Os contras do revestimento de filme

De acordo com entidades formuladoras de normas de segurança e saúde, o revestimento de filme à base de solvente causa muita poluição quando fabricado, e o processo pode colocar a segurança dos trabalhadores em risco devido a toxicidade dos solventes orgânicos. Muitas empresas estão migrando para revestimentos de base aquosa devido ao regulamento do governo, mais rígido quanto aos solventes.

Também, porque os cientistas estão experimentando muitas maneiras diferentes de revestir comprimidos com filme, muitas máquinas podem ocasionar defeitos no revestimento, tais como excesso de umidade ou de ressecamento do comprimido, cor malhada, possibilidade do comprimido lascar-se e geminação, que faz com que os comprimidos grudem.

Verifique os componentes dos comprimidos revestidos de filme, caso tenha alergias graves a certos produtos alimentares. Em virtude dos revestimentos de filme possuírem muitos ingredientes, você terá que verificar cada tipo de comprimido. Por exemplo, os comprimidos antialérgicos Aerius, Histaclar e o tratamento de hepatite B Baraclude contêm lactose nos revestimentos do filme; alguns como o piridoxal 5-fosfato, contêm componentes de frutos do mar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível