Como diminuir o sintoma de "mente nebulosa" do glúten?

Escrito por chris kammerud | Traduzido por mariana korman
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como diminuir o sintoma de "mente nebulosa" do glúten?
Muitos produtos alimentícios podem conter glúten (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

O glúten é uma proteína encontrada no trigo, centeio e cevada. Ele está em uma variedade de produtos, desde os óbvios pães e assados ​​até os menos óbvios molho de soja ou no batom. Para os intolerantes ao glúten, ingerir a proteína pode lesionar as partes do intestino chamadas de vilosidades, que extraem os nutrientes dos alimentos. Esses danos fazem com que o indivíduo não absorva os nutrientes consumidos e podem causar alguns sintomas, como fatiga, depressão, dores de cabeça e "mente nebulosa".

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Consulte um médico. Peça exames de sangue para ter certeza de que realmente sofre de intolerância ou alergia ao glúten. Isso garante que seguir os próximos passos irá ajudar a minimizar a "mente nebulosa".

  2. 2

    Elimine o glúten da sua dieta. Evite produtos alimentícios que contenham farinha, centeio e cevada. Isso permite que suas vilosidades curem e, assim, consiga digerir os alimentos.

  3. 3

    Procure alternativas aos produtos sem glúten em algumas empresas. Eles vendem farinha, cereais e pães sem glúten.

  4. 4

    Durma oito horas por noite, medite e exercite-se. Reduzir o estresse e aumentar a atividade física pode ajudar a afastar a sensação nebulosa.

  5. 5

    Envolva-se em atividades de palavras cruzadas ou charadas. Isso estimula o cérebro e ajuda a dissipar o "branco" mental.

Dicas & Advertências

  • Participe de um grupo de apoio para celíacos, que podem fornecer suporte ao manter-se em uma dieta sem glúten.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível