Doenças periodontais hereditárias

Escrito por sandra ketcham | Traduzido por alexandre girardi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças periodontais hereditárias
Exames dentários frequentes devem ser feitos para prevenir doenças periodontais hereditárias (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Doenças periodontais, também conhecidas como gengivite ou periodontite, são infecções bacterianas das gengivas que acarretam dor e inflamação e são potencialmente a causa de perda de dente e osso na boca. Enquanto a causa primária da doença periodontal é a falta de higiene oral adequada, evidências mostram que perto de 1/3 dos estadunidenses são geneticamente predispostos a desenvolve-las. Devido a muitas pessoas não sentirem nenhum sintoma de doença na gengiva até estágios avançados, o cuidado dentário rotineiro é essencial para preveni-la e assegurar a saúde da sua boca.

Outras pessoas estão lendo

Importância

75% dos estadunidenses sofrem de algum tipo de doença na gengiva, de acordo com o University of Maryland Medical Center. Muitos fatores aumentam o risco de desenvolvimento de doença na gengiva, mas aproximadamente 30% das pessoas estão predispostas a uma doença periodontal hereditária. Muitos que são geneticamente suscetíveis a desenvolver a doença periodontal não tem ciência do seu estado maior de risco e podem acabar esperando para procurar ajuda para sua inflamação da gengiva ou úlceras bucais até que as doenças gengivais tenham causado problemas dentais expressivos.

Características

Doença gengival é causada por formação bacteriana de placas dentro da boca que endurecem e formam escala ou tártaro se não removidas. A bactéria responsável por doenças periodontais faz com que as gengivas fiquem doloridas, inflamadas e infeccionadas. A gengiva pode aparentar um vermelho vivo ou ficar inchada e sangrar facilmente quando escovada. Conforme a situação avança, as gengivas afastam os dentes e formam uma espécie de bolso. A bactéria infeccionante libera proteínas que danificam as gengivas e ossos na boca e na mandíbula, causando uma retração gengival.

Sem tratamento, a perda de osso pode ser expressiva e os dentes podem começar a cair. A doença periodontal hereditária faz uma pessoa mais suscetível aos efeitos desta bactéria e aumenta o risco de doenças gengivais mesmo quando os dentes e gengivas recebem o cuidado apropriado pela escovação regular e check-ups bucais.

Identificação

De acordo com a American Dental Association, muitas pessoas com doença periodontal não têm sintomas e podem descobrir que há problemas durante seu exame dentário de rotina. Quando aparecem os sintomas da doença periodontal hereditária, eles são os mesmo associados a uma doença gengival típica. Doenças periodontais, tipicamente, causam gengivas vermelhas e inchadas que sangram facilmente, um gosto ruim na boca, mau hálito persistente, aparência de gengivas retraídas ou dentes longos, pus ou disfunção perto da linha da gengiva, queda dos dentes, alteração na mordida ou alteração no encaixe de próteses parciais.

Prevenção e solução

O fato de doença periodontal frequentemente não causar nenhum sintoma torna a prevenção crucial em proteger dentes e gengivas. Uma boa higiene oral, incluindo escovação e passar fio duas vezes ao dia, é uma parte essencial da prevenção de doenças periodontais. Exames dentários regulares e uma dieta nutritiva também podem manter sua boca saudável. Qualquer um que pode estar em alto risco desse tipo de doença devido a fatores genéticos deve consultar seu dentista para uma consulta sobre cuidados preventivos. O tratamento de doenças gengivais envolve limpeza e raspagem do dente, cirurgia para remover algum resíduo profundo nos bolsões abaixo da gengiva, doses baixas de antibióticos tópicos ou orais e cuidados de manutenção regular.

Considerações sobre hereditariedade

Uma ligação forte tem sido feita entre o desenvolvimento de doenças periodontais e hereditariedade. Estudos têm mostrado que crianças de pais com esta doença estão doze vezes mais propensas a terem a bactéria responsável pela causa da doença periodontal que outras crianças. Algumas pessoas que desenvolvem tal doença têm fatores genéticos que influenciam o fator interleucina 1, uma citocina diretamente envolvida nas respostas inflamatórias. Aqueles que tem este fator imune específico estão 20 vezes mais inclinados a sofrer de estágios avançados de doenças periodontais do que aqueles sem este fator.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível