Efeitos colaterais nocivos do Frontline em cães e humanos

Escrito por martin malcolm Google | Traduzido por paula belchior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos colaterais nocivos do Frontline em cães e humanos
O Frontline trata infestações de pulgas e carrapatos em cães (Ronja 5 image by Nadine Wendt from Fotolia.com)

A Merial, fabricante do Frontline, tratamento para pulgas e carrapatos, diz que o produto é seguro para uso em cães. Ela faz notar, porém, que qualquer pesticida pode às vezes causar uma reação adversa e aconselha que, se esses sinais aparecerem, os proprietários devem procurar aconselhamento de um médico veterinário. No entanto, em 2009, o The New York Times informou que a Environmental Protection Agency (EPA) estava investigando alegações de efeitos colaterais mais graves em meio a sugestões de que a existência de produtos falsificados pode ser a culpada.

Outras pessoas estão lendo

Irritação da pele

O Frontline pode causar irritação na pele. As instruções de aplicação do fabricante aconselham os proprietários do produto a lavar qualquer líquido derramado prontamente, ao entrar em contato com sua pele, para evitar a vermelhidão e irritação.

Efeitos da ingestão

Dores de cabeça, náuseas, suores e dores de estômago podem resultar da ingestão acidental de Fipronil, o ingrediente ativo do Frontline, de acordo com o National Pesticide Information Center. Consulte um médico se alguém engolir o produto.

Convulsão por ingestão

Em casos extremos, onde o Fipronil é engolido, o resultado pode ser a convulsão. Consulte um médico.

Possível cancerígeno

O National Pesticide Information Center informa que o Fipronil, o ingrediente ativo do Frontline, é classificado como um possível carcinógeno humano, indicando que existem preocupações de que a exposição repetida à substância possa colocar as pessoas em maior risco de desenvolver câncer.

Irritação da pele em cães

Os cães podem apresentar irritação da pele no local onde foi aplicado o Frontline. A Merial descreve-o como um "raro" e "temporário" efeito colateral, mas aconselha os proprietários a procurar orientação de um veterinário se a irritação for persistente ou se agravar.

Perda de pelagem em cães

Segundo o The New York Times, tem havido "um grande número" de relatos de cães perdendo a pelagem depois que Frontline foi aplicado.

Tremores em cães

O New York Times observa novamente "um grande número" de relatos de cães que experimentam tremores após receber uma dose de Frontline.

Convulsões e morte em cães

A EPA relatou em um comunicado de imprensa de 2009, que alguns proprietários tinham reivindicado que os seus cães sofreram convulsões após a aplicação do produto e que alguns cães morreram mais tarde, apesar de a agência não confirmar se essas alegações eram precisas. No caso de qualquer reação adversa ao medicamento, a agência aconselha os proprietários a dar banho imediatamente no animal de estimação, usando sabão neutro e enxaguando em seguida com grandes quantidades de água.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível