Os efeitos da devastação de árvores nas florestas tropicais

Escrito por micah mcdunnigan | Traduzido por carol matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os efeitos da devastação de árvores nas florestas tropicais
Matar uma árvore perturba toda a vida presente em uma floresta tropical (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

As florestas tropicais são ecossistemas que abrigam uma rica variedade de plantas e animais. Mais notadamente, elas são coleções densas de árvores que crescem por toda parte e fornecem as copas de cobertura arbórea que facilitam as condições ambientais, sendo esse, o ponto marcante das florestas tropicais. No entanto, quando os seres humanos matam uma árvore na floresta, muitas vezes para fins madeireiros, esse ato provoca uma série de efeitos que se alastram através do ecossistema.

Outras pessoas estão lendo

Habitats perdidos

As florestas tropicais são sistemas densos e complexos, com uma variedade de conexões entre as diferentes plantas, animais, e insetos que por lá vivem. Quando os seres humanos arrancam uma árvore da floresta, eles estão roubando o habitat de diversas plantas e animais. Muitos animais vivem em árvores, por segurança, insetos vivem em seu interior, e inúmeras plantas crescem sobre elas. Arrancar uma árvore desaloja todas essas espécies do seu habitat natural.

Gases de efeito estufa

As árvores são importantes nos processos que comandam o efeito estufa, o processo pelo qual os gases de efeito estufa ajudam a aprisionar os raios solares para manter o meio-ambiente do planeta habitável. Especificamente, as árvores usam a fotossíntese para produzir energia captando o dióxido de carbono e liberando oxigênio. Quando uma árvore morre, não será mais possível o desempenho da função de converter o dióxido de carbono em oxigênio. Isso pode aumentar o fenômeno do aquecimento global, onde quantidades excessivas dos gases de efeito estufa, tais como o dióxido de carbono, retêm os raios solares. O resultado é a elevação das temperaturas do planeta acima do que tem sido historiado, conduzindo a uma variedade de mudanças climáticas que poderão prejudicar o homem e os animais.

Modificação da área

Quando o homem mata as árvores da floresta tropical, isso poderá modificar uma grande área de habitat. Privar os animais de seu habitat natural poderá levá -los a migrar para outros locais. Os insetos exercem variadas funções em processos naturais invisíveis, e a retirada das árvores reduz o número dessas espécies. Além disso, matar uma árvore reduz a cobertura natural da floresta, que serve para regular a quantidade de luz solar direta que uma área recebe. Isso poderá ressecar o solo e matar as plantas menores que precisam de quantidades restritas da luz solar para sobreviver. Interferir em todos esses processos naturais certamente conduzirá a uma grave perturbação no equilíbrio natural da floresta.

Qualidade do solo

Em muitas florestas tropicais, os nutrientes ricos que servem a toda a vida vegetal da área, não estão no solo; eles estão nas próprias árvores. Consequentemente, quando o homem derruba uma árvore, ele não está só removendo uma árvore; ele está degradando ativamente a qualidade do solo na área circundante. A remoção de um grande número de árvores irá empobrecer de nutrientes o local, tornando inviável a sobrevivência de qualquer organismo vegetal. Décadas poderão se passar até que os processos naturais tornem o solo capaz de sustentar a vida vegetal outra vez.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível