Como encontrar sementes que não tenham sido geneticamente modificadas

Escrito por rachel andrews | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como encontrar sementes que não tenham sido geneticamente modificadas
Sem um microscópio, sementes geneticamente modificadas são idênticas às não modificadas (seeds image by Jane from Fotolia.com)

Sementes bio-modificadas contêm organismos ou genes estranhos à constituição natural da planta. A primeira semente geneticamente modicada chegou ao mercado em 1938, e novas variedades são lançadas todos os anos. Agricultores comprometidos em preservar espécies naturais ainda possuem vários recursos para encontrar sementes puras. Centenas de companhias e organizações devotadas a preservar sementes tradicionais e práticas de cultivo orgânicas podem tornar sua busca mais fácil.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Acesso à internet
  • Jornal local

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre sementes de empresas que fazem parte do "Acordo Semente Segura" (Safe Seed Pledge), uma iniciativa patrocinada pelo Conselho pela Genética Responsável (Council for Responsible Genetics) -- consulte a seção "Recursos" abaixo para mais informações. Essas companhias concordam em não vender nem comprar sementes que sabem ter sido manipuladas. Mais de cem companhias assinaram o acordo. Muitas outras vendem variedades com modificações genéticas. Confira na missão da empresa se todas as sementes vendidas por ela são livres de manipulação genética. Se não forem, leia cuidadosamente a descrição de cada semente para selecionar uma variedade não-OGM (Organismo Geneticamente Modificado). Encomende sementes diretamente no site da empresa ou peça um catálogo.

  2. 2

    Compre uma variedade tipo relíquia, mantida por uma família. Sementes produzidas por plantas de família têm sido preservadas através de gerações e permanecem intocadas pelos laboratórios científicos. Compre as sementes ou colha-as das frutas, vegetais e flores. Guarde-as removendo-as das frutas ou vagens. Deixe-as secar ao sol e coloque-as em um envelope para um plantio futuro.

  3. 3

    Encontre sementes orgânicas em lojas. Mercados de alimentos vindos diretamente da fazenda, lojas de artigos para a casa, viveiros e até algumas lojas de departamentos vendem uma grande variedade de sementes. A embalagem de sementes orgânicas certificadas vai incluir o selo brasileiro que distingue produtos orgânicos. Sementes rotuladas como "orgânicas" atendem às regulamentações oficiais certificando que não foram geneticamente modificadas ou bio-modificadas.

  4. 4

    Peça a seus vizinhos que tenham plantações para compartilhar sementes. Agricultores amigos geralmente ficam felizes em compartilhar sementes com seus vizinhos. Especifique que você está procurando por sementes não modificadas.

  5. 5

    Visite um grupo local sobre agricultura. Esses encontros vão lhe conectar a pessoas em sua comunidade que podem lhe direcionar para recursos locais de sementes não modificadas. Pode ser que a seção de eventos do seu jornal local informe a lista com horários e datas das reuniões.

Dicas & Advertências

  • Sementes modificadas são rotuladas com vários termos diferentes. Bio-modificada, OGM, semente projetada e transgênico são todas palavras-chave a evitar quando estiver procurando sementes livres de modificação.
  • De acordo com o mestre agricultor Lee Royer, da Extensão Cooperativa de Maryland (Maryland Cooperative Extension), é quase impossível dizer, sem treinamento e equipamento especial, se sementes foram geneticamente modificadas. Há sempre o risco de plantar uma semente contaminada, apesar de, com o esforço adequado, esse risco diminuir.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível