Como encontrar sementes que não tenham sido geneticamente modificadas

Escrito por rachel andrews | Traduzido por andressa v. da nobrega
Como encontrar sementes que não tenham sido geneticamente modificadas
Sem um microscópio, sementes geneticamente modificadas são idênticas às não modificadas (seeds image by Jane from Fotolia.com)

Sementes bio-modificadas contêm organismos ou genes estranhos à constituição natural da planta. A primeira semente geneticamente modicada chegou ao mercado em 1938, e novas variedades são lançadas todos os anos. Agricultores comprometidos em preservar espécies naturais ainda possuem vários recursos para encontrar sementes puras. Centenas de companhias e organizações devotadas a preservar sementes tradicionais e práticas de cultivo orgânicas podem tornar sua busca mais fácil.

Instruções

  1. 1

    Compre sementes de empresas que fazem parte do "Acordo Semente Segura" (Safe Seed Pledge), uma iniciativa patrocinada pelo Conselho pela Genética Responsável (Council for Responsible Genetics) -- consulte a seção "Recursos" abaixo para mais informações. Essas companhias concordam em não vender nem comprar sementes que sabem ter sido manipuladas. Mais de cem companhias assinaram o acordo. Muitas outras vendem variedades com modificações genéticas. Confira na missão da empresa se todas as sementes vendidas por ela são livres de manipulação genética. Se não forem, leia cuidadosamente a descrição de cada semente para selecionar uma variedade não-OGM (Organismo Geneticamente Modificado). Encomende sementes diretamente no site da empresa ou peça um catálogo.

  2. 2

    Compre uma variedade tipo relíquia, mantida por uma família. Sementes produzidas por plantas de família têm sido preservadas através de gerações e permanecem intocadas pelos laboratórios científicos. Compre as sementes ou colha-as das frutas, vegetais e flores. Guarde-as removendo-as das frutas ou vagens. Deixe-as secar ao sol e coloque-as em um envelope para um plantio futuro.

  3. 3

    Encontre sementes orgânicas em lojas. Mercados de alimentos vindos diretamente da fazenda, lojas de artigos para a casa, viveiros e até algumas lojas de departamentos vendem uma grande variedade de sementes. A embalagem de sementes orgânicas certificadas vai incluir o selo brasileiro que distingue produtos orgânicos. Sementes rotuladas como "orgânicas" atendem às regulamentações oficiais certificando que não foram geneticamente modificadas ou bio-modificadas.

  4. 4

    Peça a seus vizinhos que tenham plantações para compartilhar sementes. Agricultores amigos geralmente ficam felizes em compartilhar sementes com seus vizinhos. Especifique que você está procurando por sementes não modificadas.

  5. 5

    Visite um grupo local sobre agricultura. Esses encontros vão lhe conectar a pessoas em sua comunidade que podem lhe direcionar para recursos locais de sementes não modificadas. Pode ser que a seção de eventos do seu jornal local informe a lista com horários e datas das reuniões.

Dicas & Advertências

  • Sementes modificadas são rotuladas com vários termos diferentes. Bio-modificada, OGM, semente projetada e transgênico são todas palavras-chave a evitar quando estiver procurando sementes livres de modificação.
  • De acordo com o mestre agricultor Lee Royer, da Extensão Cooperativa de Maryland (Maryland Cooperative Extension), é quase impossível dizer, sem treinamento e equipamento especial, se sementes foram geneticamente modificadas. Há sempre o risco de plantar uma semente contaminada, apesar de, com o esforço adequado, esse risco diminuir.

O que você precisa?

  • Acesso à internet
  • Jornal local

Lista completaMinimizar