Mais
×

Como escolher um cavalo vencedor em uma corrida

Atualizado em 21 novembro, 2016

A corrida de cavalos é popular nos EUA por mais de 150 anos, e o guia oficial americano afirma que existem pistas em 32 estados. É impossível prever com precisão o resultado de uma corrida, pois o resultado é afetado por uma série de fatores, incluindo a saúde e aptidão do cavalo e do jóquei, o clima, tipo e distância de pista. A autoridade de corrida na América, Daily Racing Form, reúne os fatores que afetam o desempenho de um cavalo, facilitando a você de estudá-los, a fim de maximizar suas chances de escolher um vencedor.

Instruções

Escolher um vencedor é emocionante (Photos.com/Photos.com/Getty Images)
  1. Estude as performances passadas do cavalo. Observe quando ele correu pela última vez. Caso exista um longo intervalo desde que o cavalo correu pela última vez, ele pode ter se recuperado de uma lesão ou problemas de saúde e pode não estar no auge de seu desempenho. Muitas vezes não é uma boa ideia escolher aquele que está tendo sua primeira aparição depois de uma pausa.

  2. Considere as cotas oferecidas ao cavalo. As probabilidades de corrida são calculadas por apostadores pela quantidade de dinheiro apostado em cada cavalo. As cotam mudam o tempo todo, como as pessoas mudam de roupa. O favorito é o que tem tido mais dinheiro colocado nas apostas; cavalos que são considerados improváveis de ​​ganhar são chamados azarões. Os favoritos são frequentemente descritos nos cartões de corrida escritos em verde. Caso um cavalo tenha cotas de seis para um, apostando R$ 1 e vencendo resultaria em um ganho de R$ 7 (seis mais a sua aposta original). Os que possuem as menores cotas são os que se espera que tenham a melhor performance. No entanto, parte da atração das corridas de cavalos é que competidores não esperados podem, por vezes, ganhar cotas muito altas. Às vezes vale a pena apostar em um estranho devido ao grande valor dos prêmios, desde que você possa se dar ao luxo de perder o dinheiro da aposta.

  3. Pesquisa a carreira do cavalo. Informações no cartão de corrida informam quantas vezes o cavalo correu: neste ano, em sua carreira e em superfícies e distâncias semelhantes a corrida do dia. O cartão também informa quantas vezes ele participou na faixa específica do dia. Usando essa informação, você pode trabalhar com a probabilidade dele fazer uma boa corrida, e se o seu desempenho tem melhorado ou diminuído ao longo do ano.

  4. Escolha um corredor competitivo. Cavalos são animais de rebanho, e alguns preferem ficar no meio do rebanho, onde eles se sentem protegidos. O cartão de corrida informa onde cada cavalo terminou em corridas anteriores (primeira, segunda, terceira ou não colocado). Escolha um que está sempre na linha da frente, que tem o desejo competitivo e é mais provável que queira ganhar. Alguns cartões de corrida também apresentam um "estilo de corrida", por exemplo, se o cavalo começa no meio do pelotão, mas em seguida normalmente se move para a frente.

  5. Olhe o cavalo no estábulo. Considere a forma como ele se move e reage à multidão. Alguns são muito animados antes da corrida e lhes falta energia quando a prova começa. Os mais experientes mantêm a calma e guardam suas energias. Procure um olhar brilhante, boa dentição e todos os sinais de boa saúde.

Aviso

  • Corrida de cavalos não é uma ciência exata, não há como garantir que um determinado corredor irá ganhar com certeza. Nunca faça suposições ou apostas que lhe sejam desconfortavelmente grandes.

O que você precisa

  • Revista Daily Racing Form
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article