Como escolher cores que combinem para móveis, paredes e carpete

Escrito por gryphon adams | Traduzido por christian avila
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escolher cores que combinem para móveis, paredes e carpete
Um esquema de cores monocromático: parede, tapete e mobília em cor violeta (Modern tastefully decorated living room image by MAXFX from Fotolia.com)

Coordenação de cores permanece com um dos maiores desafios na decoração de uma casa. Tire um tempo para olhar livros e sites de decoração de interiores e pense nas casas que lhe impressionam. Embora possa parecer difícil, aprender a coordenar as cores das paredes, tapetes e móveis se ​​resume a seguir as mesmas orientações que os designers e decoradores usam para criar esquemas de cores eficazes. Com um pouco de pesquisa e prática, mesmo um decorador de primeira viagem consegue uma casa eficiente com cores coordenadas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Livros, revistas ou sites de decoração de interiores
  • Amostras de materiais de pintura, carpete ou mobília que estejam em consideração

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Diminua as suas opções com base em esquemas de cores que chamam sua atenção a partir de imagens de interiores de casas.

  2. 2

    Identifique a cor dominante do local e limite as cores do ambiente em três ou quatro.

  3. 3

    Experimente um esquema de cores monocromático ou neutro para uma sala pequena ou qualquer outro ambiente onde você queira criar um efeito de espaço ou minimizar defeitos, tais como janelas desalinhadas, acabamentos ruins ou quaisquer outros problemas com as paredes ou a construção. Um esquema de cores monocromático significa o uso de variações de uma cor, como rosa pálido, rosa e escarlate; ou lilás, violeta e púrpura. Cores neutras incluem branco, creme, bege, bronze e cinza. Esse tipo de paleta de cores é a mais fácil para iniciantes devido ao baixo risco de cores berrantes. Ambientes com tapetes, paredes e móveis com cores completamente neutras funcionam bem em casas contemporâneas e têm a vantagem de serem fáceis de redecorar, trocando apenas as cores dos itens de destaque e dos acessórios do ambiente.

  4. 4

    Crie um esquema básico com duas cores neutras e duas outras cores. Selecione uma cor neutra dominante, o creme, por exemplo, e uma cor neutra secundária, como bronze. Para os destaques desse esquema hipotético, a cor dominante poderia ser azul meia-noite com azul aquático, como cor secundária. Ao escolher cores dominantes e secundárias, você cria um equilíbrio no ambiente, então não há predominância de uma única cor. Com esse esquema, pinte as paredes de creme e os acabamentos de bronze ou cacau. Escolha um sofá azul meia-noite e cadeiras em azul aquático. Coloque almofadas bronze ou cacau e um tapete que combine com a cor secundária, que, neste caso, é bronze ou cacau.

  5. 5

    Continue explorando as possibilidades de combinações de cores baseado em imagens de designs de interiores ou em suas cores favoritas. Experimente intercambiar os grupos de cores: as primárias viram secundárias e vice-versa. Varie a intensidade das cores, de forma que elas não compitam entre si. Por exemplo, não escolha todas cores escuras, ou pastéis. Selecionar uma cor brilhante ou profunda tende a adicionar interesse em uma peça da casa. Por exemplo, em uma sala feita em branco, chocolate marrom e verde oliva, coloque alguns itens de destaque vermelhos como um vaso, uma pintura e almofadas jogadas.

  6. 6

    Obtenha amostras de cores de tintas, tapetes e estofados de couro ou amostras de mobília que você está considerando utilizar. Visualize-as próximas às janelas do ambiente que você está decorando para ver as cores sob luz natural. Visualize as cores nos tamanhos que você pretende usá-las e reflita sobre o uso da área. Por exemplo, um tapete amarelo limão pode parecer atraente, porém em um tapete grande a cor tende a dominar a sala.

Dicas & Advertências

  • Tapetes de cores neutras médias tais como marrom, bronze e cinza tendem a camuflar a sujeira e podem ser uma opção de baixa manutenção para famílias com crianças e animais. Tapetes claros e escuros tendem a mostrar sujeira, pelos e todos os restos trazidos de fora da casa. Paredes coloridas e claras fazem com que espaços pequenos pareçam maiores e tornam-se boas escolhas para locais com janelas pequenas ou luz natural limitada, já que as paredes claras tendem a deixar o ambiente mais claro.
  • Tintas escuras ou brilhantes podem parecer interessantes em pequenos cartões de amostra, porém podem ser opressivas em quatro paredes. Uma opção para colocar cores brilhantes em paredes é pintar uma ou duas com uma cor mais forte e deixar as outras com tom mais neutro - ou escolher uma cor mais suave para as paredes e usar a brilhante ou escura para pintar os detalhes (rodapés e acabamentos).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível