Como escrever uma carta de encorajamento para uma pessoa que está na cadeia

Escrito por susan ayers | Traduzido por morgana nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever uma carta de encorajamento para uma pessoa que está na cadeia
Levante o ânimo de um presidiário escrevendo uma carta de encorajamento (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Pode ser um momento difícil, se alguém que você conhece tiver sido enviado para a prisão. Você pode ter uma mistura de sentimentos de raiva, tristeza e desejo de apoiar essa pessoa. Uma maneira de oferecer suporte é escrever uma carta de encorajamento para o seu amigo ou membro da família, fazendo com que ele saiba que você está pensando nele e enviando a ele seus melhores desejos. Há algumas coisas para saber antes de escrever uma carta de encorajamento para uma pessoa na prisão.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Verifique a cadeia ou prisão antes de enviar qualquer correspondência. Existem regras específicas que devem ser observadas quando se trata de escrever a um preso. Nunca acrescente nada à carta que não seja papel. Isso inclui adesivos, selos e fotos Polaroide. Sempre pergunte ao diretor ou alguém da administração da cadeia qual é o processo antes de enviar uma foto, já que você não irá querer que ela seja confiscada ou destruída.

  2. 2

    Escreva uma carta otimista. Seja franco e honesto sobre o fato de que ele está encarcerado. O presidiário sabe disso e parecerá estranho se você ignorar esse fato. Se você lamenta pelo seu amigo ou membro da família que está na cadeia, diga isso. Fale que você estará orando por ele, se você for religioso. Ou diga que você está enviando bons pensamentos. Inclua algumas piadas e charadas na carta, bem como histórias que melhorarão o humor dele.

  3. 3

    Incentive o presidiário a usar seu tempo na prisão sabiamente. Sugira que ele aprenda uma nova profissão ou leia os livros da biblioteca de lá. Convença-o a se tornar religioso e a trabalhar em quaisquer problemas pessoais que ele possa ter que o levaram à prisão. Encoraje-o a estudar e a continuar a sua educação enquanto estiver na cadeia. Ele pode até mesmo ser capaz de obter um diploma universitário. Mencione que algumas prisões têm grupos de apoio como os Alcoólicos Anônimos e sugira que ele participe de reuniões. Se você estiver disposto a ajudá-lo quando ele for libertado, afirme isso na carta. Tenha cuidado, no entanto, para não fazer promessas vazias.

  4. 4

    Enderece a carta corretamente para que chegue ao local adequado e às mãos do presidiário. Claramente escreva o nome dele, algum número de identificação e o endereço da cadeia. Primeiro ligue para a prisão e peça informações para que a carta não se atrase. A maioria das cadeias permite que você inclua artigos de revistas ou da Internet, com a URL removida. Certifique-se que a totalidade da sua carta e outras páginas não excedam o montante que é permitido pela prisão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível