Por que o esmalte quebra depois de passar nas unhas?

Escrito por kristie bishopp | Traduzido por joana pires
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que o esmalte quebra depois de passar nas unhas?
Aplique uma camada fina de esmalte nas unhas limpas, pode aplicar até três camadas (Pixland/Pixland/Getty Images)

Os esmaltes protegem as unhas e servem como uma acessório de moda, complementando o visual da pessoa. Para prolongar a manicure e impedir que o esmalte quebre o descasque rapidamente, aplique camadas finas de esmalte nas unhas limpas e evite ficar com as unhas muito tempo molho antes e depois do esmalte.

Outras pessoas estão lendo

Camadas grossas

Pode parecer eficiente aplicar uma ou duas camadas grossas de esmalte ao invés de duas ou três camadas finas, mas camadas finas ficam com um resultado melhor. Quando são aplicadas camadas grossas, o esmalte tende a quebrar e descascar nas pontas. Com camadas mais finas é mais difícil que isso ocorra, fica com uma aparência melhor e seca mais rápido.

Deixar a mão de molho antes do esmalte

As unhas absorvem melhor a água do que a pele, e elas se expandem quando fazem isso. Deixar as unhas de molho faz com que elas fiquem expandidas e, muitas vezes, aquela água não sai das unhas até que o esmalte seja aplicado e esteja seco. Quando as unhas voltam para seu tamanho normal, o esmalte, que não contrai, quebra. Então, não deixe as unhas de molho ou espere até que elas estejam completamente secas antes de aplicar o esmalte.

Deixar as unhas de molho após o esmalte

Deixar as unhas com esmalte de molho não só faz com que elas fiquem mais fracas, mas também que induz a mesma situação de expansão e contração que ocorre antes do esmalte. O esmalte seco não expande ou contrai para absorver a umidade da unha. Como as unhas embaixo do esmalte expandem primeiro com a umidade e depois contraem quando a umidade evapora, a adesão do esmalte nas unhas quebra, e o esmalte começa a rachar e descascar. Para melhores resultados, evite deixar as unhas de molho depois de aplicar o esmalte. Use luvas quando for lavar louças ou fazer limpeza.

Sujeira e óleos

Às vezes, o esmalte descasca perto da cutícula, por causa do óleo natural da pele e a base das unhas previne que o esmalte fixe na superfície na unha. Para corrigir isso, lustre levemente a unha perto da cutícula antes de aplicar o esmalte. Também deixe a superfície da unha livre de qualquer sujeira, resíduos e resquícios da unha lixada, que também podem impedir que o esmalte se fixe de forma adequada. Para desidratar temporariamente a unha depois de molhá-la, passe um algodão com removedor de esmalte em toda a superfície.

Unhas secas

Unhas e esmalte que são mais secos têm a tendência de de quebrar e descascar. Depois de fazer a mão, mantenha unha e esmalte sempre hidratados, aplicando óleos e creme de mão.

Ignorando a base e o secativo

Não aplicar a base e o secativo também deixa o esmalte vulnerável a quebrar e descascar. Aplicar a base deixa uma superfície em que o esmalte pode se fixar e o secativo serve para criar uma barreira protetora. Algumas bases possuem fortalecedores para unha. Entretanto, usar muito fortalecedor ou aplicar o esmalte em cima de uma camada úmida pode causar quebra no esmalte. Use apenas uma camada de base ou de fortalecedor e deixe secar completamente antes de aplicar o esmalte. Depois de fazer a mão, aplique uma camada de secativo regularmente no esmalte seco para prevenir que ele quebre ou descasque.

Camada com textura

Alguns esmaltes são destinados a quebrar quando secos, deixando à mostra um pouco da cor do esmalte que foi aplicado por baixo. Disponível em preto, a tendência foi um sucesso em 2000 e voltou em 2012 como uma forma de arte nas unhas. Uma camada fina de esmalte que quebra quando seca pode quebrar ainda mais, deixando quebras menores e a camada de baixo à mostra por mais rachaduras. Para maiores rachaduras, aplique uma camada grossa do esmalte que quebra quando seco.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível