Exames de colesterol com e sem jejum

Escrito por rachel nall | Traduzido por caroline zemuner
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Exames de colesterol com e sem jejum
Médico e paciente conversando (Jochen Sands/Digital Vision/Getty Images)

Os exames de colesterol estão disponíveis em duas formas: uma análise em jejum e outra sem jejum. Embora ambos sejam capazes de fornecer resultados relativos aos níveis de colesterol total, exames complementares, tais como a lipoproteína de baixa densidade (LDL) no sangue só podem ser realizados através de uma análise em jejum.

Outras pessoas estão lendo

O exame de colesterol em jejum

O exame de colesterol em jejum é também conhecido como painel ou perfil lipídico, pois mede uma variedade de frações do sangue, incluindo os níveis de colesterol total, de lipoproteínas de alta densidade (HDL), lipoproteínas de baixa densidade (LDL) e triglicerídeos. Como certos alimentos e bebidas podem provocar um aumento dessas medidas (especificamente a de triglicerídeos e a de colesterol LDL), a pessoa deve estar em jejum por pelo menos 12 horas antes do exame.

Exames de colesterol com e sem jejum
Bebendo água durante o jejum (Michael Blann/Digital Vision/Getty Images)

O exame de colesterol sem jejum

O exame sem jejum revela os níveis de colesterol total, pois a medida não é significativamente afetada pelos alimentos ingeridos. Esse tipo de análise também determina o nível de lipoproteína de alta densidade (HDL), que também não sofre influência com a ingestão de alimentos.

Exames de colesterol com e sem jejum
Comendo antes de um exame sem jejum (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Por que o jejum?

Os alimentos e as bebidas podem aumentar os níveis de colesterol. Os alimentos com alto teor desse lipídeo, como carnes vermelhas, ovos e outras com uma grande quantidade de gordura ou os processados ​​podem provocar o aumento dos níveis. O consumo de álcool também aumenta os triglicerídeos, às vezes chegando a elevá-los em 20% a 30%, de acordo com a Universidade de Harvard.

A água é a única coisa que um indivíduo deve consumir no período de 12 horas antes do exame de colesterol.

Exames de colesterol com e sem jejum
Carne e ovos (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Instruções para o exame de colesterol

Além de não comer certos alimentos e não poder beber nada além de água, a pessoa deve abster-se de tomar medicamentos que afetam os níveis de colesterol. De acordo com o National Institutes of Health, os seguintes medicamentos podem aumentar esses níveis: o hormônio adrenocorticotrófico (ACTH), esteroides anabolizantes, beta-bloqueadores, corticosteroides, pílulas anticoncepcionais, a fenitoína, a vitamina D ou sulfonamidas.

Alguns dos medicamentos que reduzem os níveis desse lipídeo são os andrógenos (hormônios), fibratos, inibidores da MAO, neomicina, niacina ou estatinas.

Além disso, uma doença pode fazer com que o teste de colesterol seja impreciso. Se não estiver sentindo-se bem no dia do exame, agende-o para pelo menos seis semanas depois de começar a sentir-se melhor para garantir os resultados mais exatos.

Exames de colesterol com e sem jejum
Vários medicamentos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Frequência do exame

Como os exames de colesterol em jejum podem ser afetados pelos alimentos, medicamentos ou bebidas consumidos, agende uma análise de acompanhamento seis meses após o teste inicial se o seu nível de colesterol estiver dentro de valores limítrofes de perigo, de acordo com a Mayo Clinic. Para todos os outros pacientes, o exame de colesterol total deve ser realizado a cada 5 anos ou com maior frequência, caso tenha um histórico familiar de colesterol alto.

Exames de colesterol com e sem jejum
Anotando na agenda pessoal (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível