Faça você mesmo: irrigação automática para jardim

Escrito por dawn walls-thumma | Traduzido por gisel soto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Para manter um jardim é necessário dispender muito tempo e esforço e, em meio à correria diária, muitas pessoas se veem impossibilitadas de cuidar de suas plantas e flores adequadamente. Os sistemas de irrigação por gotejamento distribuem pequenos volumes constantes de água diretamente na base das plantas. Eles funcionam tanto em hortas como em jardins ornamentais, reduzem o consumo de água e o crescimento de ervas daninhas, e podem ser totalmente automatizados. Ao escolher o seu modelo, opte por um que o temporizador funcione com corrente elétrica ou bateria. Caso contrário, você terá que ligar manualmente a água por uma hora a cada semana.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Kit de irrigação por gotejamento com temporizador automático
  • Tubo de gotejamento
  • Conectores de ângulo reto e em forma de T
  • Âncoras de fio
  • Perfurador
  • Emissores
  • Grampo em forma de 8
  • Cobertura de húmus

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Anexe o dispositivo de prevenção de refluxo à uma mangueira exterior, seguido pelo temporizador, filtro e regulador de pressão.

  2. 2

    Derrame água fria através do tubo de gotejamento, se você estiver instalando ele em um dia de calor. O tubo pode se expandir consideravelmente em climas quentes, e quando a temperatura desce, é recomendado desarmar qualquer emissor instalado.

  3. 3

    Desligue a água e coloque as linhas principais no pátio seguindo padrões de curva, ao invés de ângulos agudos que poderiam causar torções na linha. Se você deve manobrar com ângulos agudos, utilize conectores de ângulo reto.

  4. 4

    Segure a linha a cada 90 cm com as âncoras de fio.

  5. 5

    Faça furos na tubulação e insira emissores dentro da linha de irrigação para que lance a água sobre o sistema radicular da planta. O número, o espaçamento e o tipo de emissores à utilizar dependem do tamanho da planta, do volume de água necessário e do tipo de solo.

  6. 6

    Insira um emissor no ponto mais baixo do sistema para facilitar a drenagem no final da estação.

  7. 7

    Feche a extremidade aberta da linha com um grampo em forma de 8.

  8. 8

    Cubra a linha principal e os emissores com húmus. Se você usar tecido, coloque as linhas e os emissores acima dele.

  9. 9

    Defina o temporizador para fazer funcionar o sistema por uma hora por semana para a maioria das plantas. Irrigue duas vezes por semana se as plantas crescerem melhor em solos úmidos e corte o abastecimento de água para plantas que preferem solos áridos. Monitore suas plantas nas primeiras semanas e assegure-se de que você não está irrigando demais. Este é um erro comum no uso da irrigação por gotejamento.

  10. 10

    Verifique os emissores periodicamente e remova as obstruções quando for necessário.

Dicas & Advertências

  • Use dois emissores de 2 litros por hora na base das plantas hortícolas e florais de modo que, se um emissor ficar obstruído, a planta continuará recebendo água. Para as árvores e arbustos pequenos, utilize dois emissores de 4 litros por hora. Substitua eles por emissores de maior fluxo enquanto os arbustos e árvores crescerem e adicione um terceiro emissor, se necessário. Use três emissores de 4 litros por hora para arbustos grandes.
  • Coloque emissores a cada 30 cm de distância em solos arenosos, 45 cm em barro e 60 cm em solos argilosos, para garantir a irrigação adequada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível