Manchas escuras e arredondadas nas folhas de manjericão

Escrito por mark bingaman | Traduzido por andre luczynski silva
Manchas escuras e arredondadas nas folhas de manjericão
O manjericão tem um melhor crescimento em solos com o pH entre 6,0 a 6,5 (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Parente da menta, o manjericão (Ocimum basilicum) se originou na Índia e é considerado hoje um dos temperos mais usados em pratos no mundo. Algumas doenças dessa planta têm como sintoma o aparecimento de machas escuras, de tom marrom, nas folhas. Manter a planta seca pode evitar grande parte das doenças.

Manchas bacterianas nas folhas

Manchas bacterianas nas folhas (Pseudomonas cichorii) produzem manchas escuras arredondadas nas folhas do manjericão, com a primeira contaminação da planta causada por respingos d'água em períodos de clima quente e úmido. As manchas são encharcadas e podem apodrecer o caule por deixá-lo úmido. A bactéria é conduzida até as sementes do manjericão. A possibilidade de infecção é reduzida quando se evita uma rega por cima, deixando as folhas o mais secas possível. Fornecer um espaço entre as plantas de manjericão também ajuda a manter as folhas secas.

Míldio

O primeiro sintoma de míldio, um tipo de bolor, é quando as folhas do manjericão começam a ficar amareladas, descolorindo futuramente a folha inteira. Um pó cinza aparece na parte de baixo da folha, enquanto a superfície amarelada começa a escurecer em um tom marrom durante períodos de umidade. O patógeno surge a partir de sementes de manjericão contaminadas, e é controlado quando as folhas estão secas.

Mancha de fungo nas folhas

Uma mancha de fungo nas folhas causada pela espécie Colletotrichum produz uma mancha escura de tom marrom ou preto nas folhas de manjericão. Essas manchas eventualmente secam a ponto de matar a folha, fazendo-a cair. Sua característica é de furos na folha, desfolhando a planta inteira, apodrecendo o caule até a morte da planta de manjericão. Os esporos do fungo são espalhados com respingos d'água. Condições de ambientes úmidos e folhagem molhada encorajam o crescimento da doença, então mantenha uma circulação de ar entre as plantas de manjericão para maximizar as folhas secas.

Murchamento por fungos

Um fungo que se desenvolve no solo (Fusarium oxysporum) contamina a planta, deixando-a murcha e causando uma doença letal que destrói a capacidade dos vasos condutores do caule de carregar água. As plantas de manjericão contaminadas pelo fungo irão crescer apenas ente 15 a 30,5 cm, então muitas manchas escuras marrons vão aparecer nas folhas por elas estarem desprovidas de água; levando à morte pela planta estar murcha. Espécies contaminadas devem ser removidas imediatamente e destruídas.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível