Fatos sobre a dança africana

Escrito por rhiana quick | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
  Fatos sobre a dança africana
A dança, parte integrante da vida tribal africana, pode unificar uma comunidade (Reed Dance in Swaziland - tribal chiefs image by Elzbieta Sekowska from Fotolia.com)

A dança é um aspecto importante da vida africana. Ao longo dos diversos países desse vasto continente, a dança é usada não apenas como uma forma de recreação e entretenimento, mas mais importante, ensina valores e padrões sociais para os membros da comunidade. Áreas rurais tribais da África não têm uma história escrita sólida, portanto, tradições e regras de cada sociedade são passadas de geração a geração através da dança, música e histórias. A dança é um costume associado a encontros e marcos importantes na vida dos moradores, de modo que ela é vista como uma oportunidade para se unir como uma comunidade e compartilhar uma conexão comum.

Outras pessoas estão lendo

História

Estilos de dança tribal existiram durante séculos na maioria dos países em toda a África. Com a ocidentalização de algumas partes da África, a prevalência da dança tribal diminuiu, mas ainda está presente na vida africana moderna. A dança africana tradicional tem centenas de variações e estilos, que têm sido transmitidos por gerações, mantendo-a vibrante e adaptável.

Relevância

A dança desempenha um papel importante na vida tribal na África. Além de ser uma atividade unificadora para membros da comunidade, a dança é muitas vezes uma expressão de espiritualidade em rituais religiosos tribais. Os africanos dançam para celebrar um nascimento ou um casamento, para rezar para a prosperidade e melhores colheitas ou para afastar o perigo e doença, por exemplo.

Características

Danças tribais variam em toda a África, mas há algumas características unificadoras. Dança e música são geralmente muito rítmicas e dançantes pois o principal instrumento é o tambor, que é considerado o batimento cardíaco da aldeia. Dependendo da cultura e do motivo para a dança, as performances podem ser teatrais. Dançarinos às vezes usam roupas elaboradas, incluindo folhas, ráfia trançada e máscaras, trabalhadas a partir de cascas de madeira ou vegetais. A dança tribal é considerada poli-rítmica, pois todas as partes do corpo são usadas para mover-se com esse ritmo.

Tipos

Cada comunidade africana usa danças específicas para diferentes eventos. As danças da maioridade, que são executadas quando um jovem membro da aldeia atinge a maturidade, comemora sua independência como um adulto. As danças de boas-vindas marcam o nascimento de uma nova criança na tribo ou recebe os visitantes nas aldeias. Danças de convocação são importantes, pois são o processo pelo qual as tribos podem chamar espíritos para ajudar em situações calamitosas como uma guerra ou seca.

Influências

Pode-se ver a influência da dança tribal africana tradicional em muitos estilos de dança moderna. Escravos do oeste africano trazidos para as Índias em 1500 tiveram um impacto sobre a dança americana, e um dos muitos estilos onde você pode ver a influência da dança africana é no hip-hop, onde dançarinos mostram muito ritmo e movimentos intuitivos de forma livre do corpo.

Geografia

A África é uma massa de terra incrivelmente vasta e diversificada, e cada tribo em cada região realiza celebrações comunitárias específicas com seu próprio estilo de dança e música. O costume da dança tribal é mais prevalente em países que não foram tão fortemente influenciados pela modernização ocidental. Embora cada um dos 53 países do continente tenha sua própria identidade, eles estão unidos pela cultura tradicional da África, que pode ser vista em toda parte, desde a dança de cortejo akogo em Uganda até a dança gombey da colheita no Senegal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível