Como fazer um fixador caseiro para desenhos feitos a carvão

Escrito por don davis | Traduzido por ismar junior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um fixador caseiro para desenhos feitos a carvão
Os desenhos feitos a carvão são muito frágeis e devem ser protegidos (Comstock/Comstock/Getty Images)

Os artistas usam carvão vegetal como uma ferramenta de desenho, já que ele não adere muito bem ao papel. A leveza desse material dá liberdade para que o artista possa espalhar o carvão pelo papel para fazer contrastes. A mistura é geralmente realizada com um pedaço de papel enrolado firmemente, ou com um pincel ou tecido. Os artistas também podem criar destaques em um desenho de carvão, esfregando-o completamente no papel com um papel enrolado, uma borracha ou uma pequena bola de pão.

Outras pessoas estão lendo

O problema do carvão

Infelizmente as mesmas propriedades que fazem do carvão vegetal uma ferramenta viável, também o fazem ser muito frágil. Depois que um desenho a carvão está terminado, ele aos poucos vai embranquecendo. Coloque a folha do desenho entre duas folhas finas de papelão. A folha de topo deve ter um corte quadrado no meio para expor o desenho. O desenho embranquecido é, então, geralmente coberto com vidro e moldura ou, se já estiver vendido quando ele for concluído, o artista pode deixar moldura por conta do comprador e simplesmente cobrir o desenho com filme plástico. Outros materiais delicados como pastéis devem receber o mesmo tratamento.

Fixadores

Também é muito comum para os artistas, quem fazem seus desenhos a carvão, fixá-los ainda na prancheta antes de receberem o efeito fosco. "Colormen" é o nome tradicional dado para as empresas que fazem e vendem materiais artísticos e vendem fixadores em aerosol com um preço acessível. Enquanto o desenho a carvão ainda está na prancheta, o artista deve borrifar o fixador no desenho. O fixador leva de dois a três minutos para secar e o artista poderá voltar a pulverizá-lo até cinco vezes. Os fixadores formam uma superfície impermeável que pode ser tocada, sem danificar o desenho.

Artistas mambembes

Muitos artistas não possuem recursos para pagar pelo alto preço dos materiais de desenho. Os fixadores industrializados podem custar até R$ 20,00 a lata, que rende em média seis desenhos ou menos. Assim, quase todos os que trabalham com carvão e pastel terminam comprando laquê, que é mais barato e faz a mesma função. O laquê fixa o carvão no papel e faz com que o desenho possa ser tocado com segurança, mas fica amarelado muito mais rápido do que com os fixadores. O ingrediente-chave em ambos os fixadores é goma-laca, alguns artistas mais experientes fazem seus próprios fixadores.

Fazendo e usando o fixador

Você pode fazer seu próprio fixador, adicionando cerca de uma colher de sopa de goma-laca branca a 110 ml de álcool isopropílico em um copo de papel. Você pode misturar a preparação com qualquer coisa, em seguida, despeje-a em um frasco de spray de plástico. Pulverize a solução do fixador em um desenho a carvão. Não passe com o pincel pois poderá danificar desenho. Defina a pressão do borrifador com o melhor ajuste de spray e aplique-o como um fixador comercial ou laquê. Guarde seu fixador caseiro à temperatura ambiente, em um recipiente lacrado, e lave o bico do seu borrifador com álcool para evitar o seu entupimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível