Como funciona uma câmera sensível ao calor

Escrito por jane williams | Traduzido por fernanda lemi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Câmeras sensíveis ao calor, também conhecidas como câmeras de infravermelho ou termais, detectam o calor emitido por uma pessoa ou objeto na forma de ondas de energia infravermelhas (IV). A câmera grava as diferenças em comprimentos de onda IV entre o objeto mais quente e o ambiente mais frio, e traduz essa diferença em imagens visuais para facilitar o monitoramento. As câmeras IV não medem a temperatura, mas sim as diferenças nos comprimentos de onda do espectro de luz.

Outras pessoas estão lendo

Como elas funcionam

Uma câmera sensível ao calor funciona como uma máquina fotográfica comum, mas é feita para capturar comprimentos de onda de luz diferentes. A lente da câmera termal focaliza a luz IV disponível e os sensores do dispositivo convertem a informação em um padrão detalhado chamado de termograma. Esse padrão é passado para a unidade de processamento de sinais da câmera para ser traduzido em uma imagem de exibição, mostrando as diferenças entre os comprimentos de onda IV emitidos na cena. Objetos mais quentes geralmente mostram cores ou tons mais claros, enquanto os objetos mais frios são mais escuros.

Tipos de câmeras

Os dispositivos de formação de imagens a partir do calor entram em uma de duas categorias, "resfriados" ou "não resfriados", dependendo da condição dos seus sensores sensíveis ao IV. A variedade mais comum, detectores termais não resfriados, são dispositivos completamente autônomos que operam em temperatura ambiente e respondem rápida e imediatamente quando necessários. Dispositivos resfriados requerem cercar os elementos em um recipiente resfriado criogenicamente para manter as temperaturas abaixo de 0°. Esses sistemas registram um alcance mais detalhado de diferenças no IV a distâncias mais longas, mas são mais caros e menos inflexíveis que as opções não resfriadas.

Vantagens

Apesar de as câmeras termais serem confundidas com a visão noturna com frequência, as duas tecnologias operam em princípios e comprimentos de ondas de luzes diferentes. As câmeras IV oferecem uma vantagem sobre a visão noturna, pois podem funcionar na escuridão completa, enquanto a visão noturna utiliza qualquer luz disponível, mesmo que pouca, para produzir uma imagem. O comprimento de onda IV também atravessa obstáculos como fumaça, névoa e chuva, permitindo a formação de imagens melhores e sua detecção, ao contrário de outros métodos que dependem do espectro de luz visível.

Usos para a câmera termal

Apesar de ter sido originalmente projetada para propósitos militares, as câmeras termais têm expandido para um uso mais popular. Os militares utilizam esses dispositivos para a vigilância de áreas desconhecidas e para detectar possíveis ataques do inimigo na escuridão total. As câmeras IV são utilizadas em negócios e em casas para vigiar atividades suspeitas ou ilegais. Elas também são úteis em aplicações industriais, como para detectar vazamentos de calor em edifícios, fiação e canos superaquecidos escondidos dentro de paredes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível