Funções de dispositivos de barramento PCI

Escrito por ashley seehorn | Traduzido por bráulio borges barreiros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Funções de dispositivos de barramento PCI
Os números de barramento PCI, de dispositvo e de função são também conhecidos como BDF (macro of pci image by TEA from Fotolia.com)

O interconector de componentes periféricos (em inglês, Peripheral Component Interconnect -- PCI) é um modo padronizado de conectar dispositivos periféricos a um sistema de computador. O padrão PCI foi proposto pela Intel em 1991 e se tornou comum em 1994. A função plug-and-play (ligar e executar) do Windows 95 foi altamente responsável pela aceitação da interface PCI. Até o barramento PCI-Express ser introduzido em 2003, o PCI era largamente utilizado para conectar componentes periféricos.

Outras pessoas estão lendo

Enumeração e endereçamento

Todos os mecanismos PCI são identificados por números de barramento, de dispositivo, de função e de registro. Esta informação de configuração, também conhecida como enumeração ou endereçamento, está localizada em 256 bytes de espaço alocado para dados de configuração no dispositivo PCI, isto é, os primeiros 64 bytes que são regulados. Os outros 192 bytes estão disponíveis para os dados de configuração específicos do fabricante. Esses códigos permitem que os periféricos PCI sejam identificados pelo tipo, localização e fabricante. Veja o link em "Recursos" sobre "Repositório de ID de PCI" para informações a respeito de numeração para um componente PCI individual.

Barramentos

O padrão PCI possibilita que um sistema acomode até 256 barramentos. Estes barramentos são numerados de 0 até 255.

Dispositivos

Cada barramento PCI é capaz de hospedar até 32 dispositivos. Os números de códigos de dispositivo vão de 0 a 31.

Funções

Muitos dispositivos PCI precisam ter no mínimo uma função. Aqueles com variadas funções são conhecidos como dispositivos multifuncionais. Cada dispositivo PCI pode ter até oito funções. Os números de códigos de função vão de 0 a 7.

Registros

Cada função PCI tem 256 registros de 8 bits. Estes registros fornecem informação a respeito das funções específicas do dispositivo, as propriedades das mesmas e a identificação do fabricante.

Importância

Para utilizá-lo, um computador tem de ser capaz de localizar ou endereçar um mecanismo PCI dentro do BIOS do sistema. O BIOS ou sistema básico de entradas e saídas é o programa-base do computador que detecta e gerencia todos os dispositivos de hardware. Os códigos PCI comunicam ao computador a localização e as funções de cada mecanismo. Se os códigos forem mal lidos ou estiverem incorretos, o sistema não detectará o dispositivo. A configuração do dispositivo PCI está gravada no sistema estendido de dados de configuração (em inglês, Extended System Configuration Data - ESCD).

Plug and Play (Ligar e executar)

O Windows possui uma função plug-and-play (ligar e executar), ou PNP, para dispositivos de hardware, incluindo os dispositivos PCI. A função PNP possibilita ao sistema detectar e endereçar novos hardwares, sem que o usuário tenha que mudar as definições manualmente no BIOS. Se, por algum motivo, a função PNP não funcionar para um componente de hardware, o usuário pode inserir manualmente o dispositivo na configuração de BIOS do sistema.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível