Quanto você pode ganhar no ramo de construção?

Escrito por filonia lechat | Traduzido por ninah coracini
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quanto você pode ganhar no ramo de construção?
Os trabalhadores da construção preenchem muitas categorias de funções de trabalho (Hans Hansen/Lifesize/Getty Images)

Bem mais de um milhão de profissionais da construção trabalhavam em todo os EUA no momento de uma pesquisa de emprego de Maio de 2010 do Bureau of Labor Statistics, embora os caminhos desses trabalhadores divergissem tanto quanto os materiais que eles utilizavam e os edifícios que eles construíam. Ganhar dinheiro na indústria da construção começa com a escolha de qual nível de trabalho — comércio ou de gerenciamento —, bem como levar em consideração fatores como a localização no país e a indústria de emprego.

Outras pessoas estão lendo

Inspetores de Construção e Edificação

Os cerca de 89.270 inspetores de construção e edificação no país acompanham suas equipes para garantir que o trabalho que está sendo feito seja seguro, de acordo com o código e com as práticas. O Bureau of Labor Statistics observa que o salário médio para esses profissionais foi de R$ 104.720 em maio de 2010, quando realizou sua pesquisa de emprego, encontrando a faixa a partir de R$ 63.940 até R$ 162.100. O governo local empregava maior parte dos inspetores de construção e edificação, pagando salários médios anuais de R$ 109.460. Os instrutores de construção e edificação empregados pela indústria de geração de energia elétrica ganhavam os salários mais altos, de R$ 139.160. Os empregadores de Washington, DC pagavam a seus inspetores o maior salário, com médias anuais de R$ 163.220. A Califórnia empregava a maioria dos inspetores, também pagando uma média de salário anual significativamente maior de R$ 140.520.

Operários da Construção

Pouco mais de três quartos de um milhão de trabalhadores da construção, 777.700 pelos números da BLS, trabalharam para criar os edifícios que compõem a paisagem do país. Os salários médios para a profissão foram de R$ 58.560, sendo o mais baixo de R$ 37.140 e o mais alto de R$ 115.040 . Os empreiteiros empregavam a maioria dos trabalhadores de construção e pagavam um salário médio anual acima da média de R$ 65.540, mas os trabalhadores empregados pela indústria de distribuição de gás natural ganhavam os salários mais altos, de R$ 98.380. Empregadores do Havaí pagavam os salários mais altos para os trabalhadores, de R$ 102.480, mas o Texas empregava a maioria das pessoas na profissão, embora a média de salário anual do Texas tivesse caído significativamente abaixo da média, R$ 49.200.

Operadores de Equipamentos de Construção

Atrás do volante de veículos pesados tais como escavadeiras, caminhões de concreto, máquinas de terraplanagem, guindastes e equipamentos estavam aproximadamente 334.730 operadores de equipamentos de construção, ganhando um salário com média nacional de R$ 80.800. A faixa para a profissão incluía R$ 52.920 no percentil 10 e R$ 142.620 no percentil 90. A indústria contratante de comércio de especialidade empregava a maioria dos operadores e pagava salários acima da média de R$ 89.680. Embora os hospitais médicos e cirúrgicos empregassem somente uma fração dos operadores de equipamentos de construção no país, eles pagavam os maiores salários, de R$ 140.700. O Havaí pagava os salários mais altos para os operadores de equipamentos de construção, de R$ 129.220. Similar aos trabalhadores de construção, o Texas empregava a maioria dos operadores per capita, mas pagava um salário abaixo da média de R$ 70.120.

Pedreiros

Membros de um dos tipos mais específicos das profissões de construção, os pedreiros, foram contados apenas 11.920, no momento da pesquisa BLS. Os pedreiros ganhavam uma média de salários de R$ 74.360, sendo os maiores de R$ 122.740 e os mais baixos de R$ 47.120. A indústria da fundação, estrutura e exterior da edificação empregava a maioria dos pedreiros, pagando mais que a média, R$ 82.540. O governo local pagava os salários mais altos para pedreiros, R$ 104.920. Os empregadores de Massachusetts pagavam a seus pedreiros os salários mais altos no país, de R$ 112.400, enquanto que a Califórnia empregava a maioria dos pedreiros per capita, e pagava R$ 89.520, acima da média.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível