De onde vem o gene da calvície?

Escrito por lou martin | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
De onde vem o gene da calvície?
A queda de cabelo masculina é geralmente um traço hereditário (Bald man from backside image by TekinT from Fotolia.com)

O padrão de calvície masculina é relacionado a vários fatores genéticos, incluindo a hereditariedade maternal e paternal. Muitas vezes, a queda de cabelo masculina é um resultado do gene do receptor andrógeno, que só existe no cromossomo X, passado a todos os homens por suas mães.

Outras pessoas estão lendo

Influência maternal

A perda de cabelo hormonal é a forma mais comum e é ligada diretamente ao acúmulo da di-hidrotestosterona (DHT), que todos os humanos produzem. O gene do receptor andrógeno, que é como a DHT se liga aos folículos capilares, só existe no cromossomo X, passado a todos os homens por suas mães. Os números excessivos de receptores andrógenos causam com que mais DHT se prenda aos folículos capilares, causando a calvície masculina.

Alopécia androgenética

A alopécia androgenética é um tipo de padrão de calvície masculina que envolve um ou vários genes passados de pai para filho. Ela predispõe os homens a padrões semelhantes de calvície dos pais, mas não é tão claramente ligada ao cromossomo Y como o receptor andrógeno é ligado ao X.

Mutação genética

Os pesquisadores nas universidades de Stanford, Rockefeller e Columbia descobriram que os padrões de calvície masculina também podem ser o resultado de uma mutação genética. Essa mutação, chamada de hipotricose hereditária simples, pode começar na infância e fazer com que os folículos capilares se encolham, resultando no afinamento do cabelo com o tempo. Os pesquisadores ainda não têm certeza se essa mutação é hereditária ou não.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível