Como gerenciar uma caixa registradora

Escrito por edie grace | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como gerenciar uma caixa registradora
Diligência e zelo farão o caixa fechar sem problemas (register with cash image by elke peterson from Fotolia.com)

Gerenciar uma caixa registradora é uma das tarefas mais difíceis quando se trabalha em uma loja de varejo ou de alimentos, principalmente quando o lugar está bastante movimentado. No entanto, ser cuidadoso e prestar atenção às possíveis maneiras pelas quais o dinheiro poderá ser perdido ajudará a se certificar de que o caixa feche sem problemas.

Outras pessoas estão lendo

Preste atenção

A perda de foco é a razão mais comum para o caixa fechar com menos dinheiro no final do dia. O dinheiro recebido sempre terá de ser contabilizado pelo assistente de vendas antes de anotado no registro de caixa e outra vez mais antes de ser colocado na gaveta. O troco a ser dado ao consumidor deverá sempre ser contado pelo operador de caixa e depois pelo próprio cliente. Embora isso adicione alguns segundos à transação, não deverá ser deixado de lado mesmo quando há muito movimento. É ainda mais importante nessas ocasiões, pois o operador pode facilmente se distrair com outros clientes da fila ou por colegas. Os operadores também não deverão conversar com outras pessoas ou atender o telefone enquanto operam com dinheiro.

Segurança

Protocolos de segurança deverão sempre ser seguidos no tocante a procedimentos de caixa. Há alguns pequenos golpes aos quais se deve prestar atenção. Se alguém pedir para trocar uma nota, deve-se sempre colocá-la na bancada, na frente da pessoa, e só então deverão ser contadas as notas para o troco. Deve-se contar o dinheiro duas vezes e verificar se a nota recebida não é falsa antes de retirar qualquer quantia da caixa registradora. Isso impedirá o consumidor de dizer que deu um valor nominal diferente.

Se um consumidor disser que recebeu o troco errado, todo o dinheiro na gaveta terá de ser contado para verificar. Acontece raramente, mas pode ser uma tentativa de golpe executada quando o estabelecimento estiver movimentado, na esperança de que um assistente de vendas sobrecarregado apenas entregará o dinheiro sem prestar atenção a eventuais erros devido à sua pressa. É também possível que o consumidor tenha se enganado e na verdade tenha recebido o troco certo.

Cheque o fluxo

Caixas registradores deverão sempre ser contabilizadas no começo e no fim de um turno, quando o operador faz um intervalo ou quando um novo operador toma o lugar. Há dois passos para se checar o fluxo financeiro: primeiro, pegue a quantia inicial, que estava na gaveta no início do dia, e subtraia-o da receita obtida no dia até então. O valor obtido será a quantia de dinheiro colocada na gaveta no período. Depois, para determinar a quantidade retirada durante o dia, some o valor de todo o dinheiro no caixa, quantias obtidas em cheque e no crédito e eventuais cupons. Subtraia qualquer dinheiro que tenha sido colocado na gaveta juntamente com o troco presente no início do turno. Esse segundo valor deverá coincidir com o primeiro, e a diferença será a quantia faltante ou sobressalente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível