Granulação de lixas para reparos em paredes

Escrito por leslie rose | Traduzido por samantha g. silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Granulação de lixas para reparos em paredes
A lixa de papel está disponível em diferentes granulações, da mais grossa à mais fina (Comstock/Comstock/Getty Images)

Lixar as paredes não é recomendável, pois pode danificar o acabamento ou pintura, deixando marcas. No entanto, algumas vezes, o processo é necessário após um remendo ou quando as paredes estão sendo preparadas para a pintura. Nesses casos, saber a granulação adequada da lixa para cada serviço faz toda a diferença na qualidade dos resultados.

Outras pessoas estão lendo

Definindo as granulações

As partículas abrasivas da lixa são conhecidas como granas ou grãos e a quantidade de partículas abrasivas por centímetro é o que determina a aspereza da lixa, da mais grossa à mais fina. As lixas grossas possuem numerações baixas, entre 40 e 60, enquanto as finas apresentam numerações altas, de 150 para cima. A grana escolhida dependerá da tarefa a ser executada. As grossas, por exemplo, são utilizadas para trabalhos pesados, como decapagem e lixamento; as finas são destinadas aos processos de acabamento.

Reparos em paredes de reboco ou gesso acartonado

Quaisquer defeitos, sejam rachaduras, entalhes ou furos de pregos nas paredes de reboco ou gesso acartonado (drywall) podem ser facilmente reparados com massa corrida. Espere a massa secar de acordo com as instruções do fabricante, então lixe com uma lixa média de 120 granas. Cubra a área com uma camada de tinta, harmonizando-a cuidadosamente para minimizar a evidência do reparo.

Preparando paredes de reboco ou gesso acartonado para pintura

Mesmo pequenos danos e imperfeições mínimas podem transparecer através de uma camada fresca de tinta se a parede não for primeiramente preparada e lixada. Examine o reboco ou gesso acartonado à procura de falhas na superfície. Se encontrar algum problema, como pequenas rachaduras ou furos de pregos, preencha com massa corrida. Use um raspador para remover qualquer excesso e deixe secar. Lixe suavemente com uma lixa 120.

Preparando madeira para nova pintura

O rodapé é geralmente uma peça de madeira que cobre a parte inferior da parede, adjacente ao chão ou carpete. Com o tempo, sapatos, equipamentos de limpeza ou pernas de cadeiras podem arranhar o rodapé, tornando necessária uma nova pintura. Primeiramente, lixe suavemente a superfície com uma lixa de granulação média, como uma 120. Se o rodapé não estiver pintado e você pretender apenas envernizá-lo, lixe-o duas vezes: primeiramente com uma lixa 120 e depois com uma lixa 180. Utilizar uma lixa fina progressivamente suavizará quaisquer marcas deixadas pela grossa que possam transparecer através do verniz. O mesmo procedimento pode ser aplicado em lambris, sancas e outras partes de madeira da parede.

Cobrindo pintura à óleo com látex

Se você pretende cobrir uma pintura à óleo com látex, será necessário melhorar a adesão aplicando uma camada de primer de conversão antes de aplicar a tinta látex. Embora esse seja o principal método de preparação, alguns preferem pular essa etapa e simplesmente lixar a superfície da pintura à óleo com uma lixa fina. Isso permitirá que a nova tinta adira à antiga e prevenirá que a nova pintura descasque. Use uma lixa 220 para esse projeto.

Considerações

Proteja-se utilizando uma máscara durante o processo de lixamento. Você pode evitar que as partículas de pó se espalhem para outras partes da casa interrompendo a ventilação do ambiente e selando as portas com plástico.

Note que as pinturas anteriores a 1.978 podem conter chumbo. Lixar essas paredes pode oferecer graves riscos à saúde. Se você não tiver certeza do ano em que as paredes foram pinturas, teste-as para verificar a existência de chumbo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível