A hiperinsulinemia está relacionada à diabetes?

Escrito por hannah wickford Google | Traduzido por michel makarios
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A hiperinsulinemia está relacionada à diabetes?
As pessoas com hiperinsulinemia correm alto risco de ataques cardíacos (Image by Flickr.com, courtesy of Matti Mattila)

A hiperinsulinemia é uma condição em que há uma quantidade excessiva de insulina em circulação na corrente sanguínea. Embora não seja diabetes, é comumente associada com as pessoas que sofrem de diabetes tipo 2.

Outras pessoas estão lendo

Função

A glicose no sangue vem dos alimentos que comemos. O pâncreas produz um hormônio chamado insulina que se une com a glicose e supre o corpo com energia.

Tipos

Na diabetes tipo 1, o pâncreas não produz insulina suficiente. O pâncreas de diabéticos tipo 2 produz insulina, mas o organismo não é capaz de processá-la de forma eficiente. Muitos diabéticos de tipo 2 têm uma condição chamada resistência à insulina sempre que o organismo é resistente aos efeitos da insulina que é produzida.

Causas

A hiperinsulinemia pode ser causada por tumores pancreáticos ou um excesso de células produtoras de insulina no pâncreas. Na maioria das vezes, ela é causada pela resistência à insulina em diabéticos tipo 2.

Características

Como a glicose entra na circulação sanguínea de uma pessoa afetada pela resistência à insulina, o pâncreas é estimulado para secretá-la. Uma vez que a insulina não se une adequadamente com a glicose no sangue, o pâncreas gera mais e mais insulina para compensar, possivelmente levando à hiperinsulinemia.

Riscos

Quantidades excessivas de insulina na corrente sanguínea aumentam a pressão arterial e causam estragos nos níveis de colesterol levando a um alto risco de ataque cardíaco.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível