A história das cadeiras de rodas elétricas para pessoas com deficiência física

Escrito por annmicha blugh | Traduzido por guilherme rocha
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A história das cadeiras de rodas elétricas para pessoas com deficiência física
As cadeiras de rodas evoluíram ao longo de centenas de anos (wheelchair access sign image by Gina Smith from Fotolia.com)

O homem sempre descobriu novas maneiras de locomoção para superar obstáculos de mobilidade física. Os primeiros ancestrais da cadeira de roda datam do ano 600 d.C., quando paredes chinesas mostravam figuras de uma cadeira de três rodas. Com o passar dos anos, o modelo se desenvolveu até chegar à cadeira de rodas elétrica, continuamente melhorando através do século 20, durante a Era Industrial. Cadeiras de rodas elétricas se multiplicaram, com inventores e inovadores vendo o potencial máximo e lucrando bastante com seus esforços.

Outras pessoas estão lendo

Primórdios

Em 1881, o francês Gustave Trouve conectou uma bateria a um triciclo. Ele utilizou motores elétricos e chamou a invenção de "trike". Um ano depois, em 1882, a cadeira de rodas elétrica apareceu pela primeira vez na Inglaterra, onde William Edward Ayrton e John Perry coordenaram seus esforços para produzir um triciclo elétrico. Eles colocaram no veículo duas grandes rodas na parte traseira e uma roda central na frente, fazendo a cadeira ficar parecida com a cadeira de rodas padrão que conhecemos hoje.

Melhorias no século 20

George Westinghouse, inventor americano e fundador da Westinghouse Electric and Manufacturing Company, tinha alguns desenhos para uma cadeira de rodas elétrica ao seu lado quando morreu em 1914, quando ele estava sobre uma cadeira manual. Por este motivo, muitos presumem que ele é um dos primeiros inventores da cadeira de rodas elétrica. Dois anos depois, um grupo de engenheiros britânicos revelou o que eles chamaram de cadeira de rodas motorizada; no entanto, ela era muito cara para o cidadão médio com deficiência, e a matéria-prima do aparelho era muito pesada e inflexível, ou seja, pouco prática.

Mais modificações

Em 1932, Harry Jennings projetou uma cadeira de rodas dobrável com a ajuda de Herbert Everest, um paraplégico. A partir deste padrão básico, os inventores melhoraram os modelos até chegar à cadeira de rodas elétrica. Everest e Jennings patentearam seu modelo em 1937 e reinaram como os principais fornecedores de cadeiras de rodas dos Estados Unidos (EUA), monopolizando 90% do mercado até o fim dos anos 70.

Os canadenses se orgulham de George Klein, aclamado inventor que criou mais uma versão de sucesso da cadeira de rodas elétrica. Klein, juntamente com o Conselho Nacional de Pesquisas do Canadá (NRC, da sigla em inglês), com a Associação Paraplégica Canadense e com o Departamento de Assuntos de Veteranos do Canadá, trabalharam para chegar a um novo modelo. O NRC patenteou e lançou a cadeira de rodas elétrica Klein em 1955.

A iBot

A iBot é uma versão de alta tecnologia com potencial de acolchoar choques produzidos por superfícies desniveladas, superar escadas e suspender o usuário. A Associação de Alimentos e Medicamentos dos EUA aprovou e lançou este modelo de cadeira de rodas elétrica em 2006. Ela se completou com marchas, modos e velocidades de última linha. A iBot é uma invenção do Dr. Dean Kamen, que fundou a Corporação DEKA de Pesquisa e Desenvolvimento. A iBot custava cerca de R$ 50 mil quando entrou no mercado. No entanto, devido ao seu custo e alguns defeitos, ela parou de ser fabricada.

Cadeiras de rodas elétricas modernas

Apesar do fracasso da iBot, cadeiras de rodas elétricas hoje vêm com tecnologia de ponta. Avanços automatizados tornaram os modelos novos mais sofisticados, fazendo movimentos mais complicados para facilitar o conforto e conveniência, dando aos deficientes uma ampla gama de mobilidade personalizada de acordo com suas necessidades.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível